Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Em busca de hospital para socorro de filho, mãe é morta e pai é baleado por piratas 

Barco com família pode ter sido confundido com o de traficantes 

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Uma mulher, de 30 anos, foi morta e o marido dela, de 32, baleado durante um ataque de piratas nesta quinta-feira (12). De acordo com a polícia, a suspeita é de que a família tenha sido confundida com “mulas” do tráfico de drogas que ocorreu na região. 

Mãe, pai e filho, haviam saído na noite de quarta-feira (11) para buscar atendimento médico para a criança, que havia quebrado o braço naquela noite. Eles saíram do alto lago do Mamiá em direção ao município de Coari-AM. 

Por volta das 3h, segundo a PM, começou a chover e eles entraram no canal, possivelmente em busca de abrigo e combustível para a lancha. Foi quando foram abordados pelos piratas. O marido relatou à polícia que ouviu os disparos em uma região próxima à mata.

A mãe foi atingida com um tiro no peito e morreu antes de chegar a alguma comunidade para socorro médico. O homem foi atingido com dois tiros, um no braço e outro na perna. 

A família buscou abrigo na região da comunidade do Itapéua, na mesma região onde esperou até o amanhecer. Pai e filho foram socorridos por populares e chegaram ao hospital de Coari por volta das 7h30, onde receberam atendimento.

De acordo com a polícia, as investigações estão em andamento. 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade