fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Cão é morto a facadas em suposto ritual satânico no DF

O homem foi identificado pela polícia e confessou o crime. Ele disse ainda que agiu impulsionado por um força maligna do diabo e que o cão seria uma oferenda ao satanás

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Por Guilherme Gomes
[email protected]

Nesta quarta-feira (15), após investigações da Polícia Civil do DF, um homem foi preso suspeito de praticar maus tratos contra um cão. O animal morreu de forma cruel  com ao menos 6 facadas. Depois de cometer o crime, o autor ainda amarrou as patas e focinho do cachorro com um arame farpado. 

O homem foi identificado pela polícia e confessou o crime. Ele disse ainda que agiu impulsionado por um força maligna do diabo e que o cão seria uma oferenda ao satanás.

O autor dessa barbaridade foi indiciado pela prática da conduta descrita e tipificada no artigo 32, parágrafo 2 da Lei 9605/1998 ( Lei dos Crimes Ambientais), cuja pena cominada equivale a detenção de 3 meses a 1 ano. Ele se encontra a disposição da justiça.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade