Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

“Todo tipo de teste rápido tem um percentual falso positivo e de falso negativo”, diz secretário de Assistência Básica à Saúde

Em dois dias, cerca de 8 mil testes foram realizados e em apenas oito deles houve ineficiência dos aparelhos utilizados nos exames do DF

Teste de coronavírus feito no Estádio Mané Garrincha. Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília

Testagens rápidas com equívoco para covid-19 no Distrito Federal representam aproximadamente 0,1% das aferições feitas, segundo a Secretaria de Saúde da capital (SES/DF). Em dois dias, cerca de 8 mil testes foram realizados e em apenas oito deles houve ineficiência dos aparelhos utilizados nos exames. A informação foi passada por meio de coletiva de imprensa on-line na tarde desta quinta-feira (23).

Quatro dos testes com problemas se referem aos realizados em oficiais do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), que resultaram positivo para o novo coronavírus na última terça-feira (21), primeiro dia de testagens. Após convocação pela SES/DF, em novo exame foi feito, o resultado foi negativo. Outros militares da mesma unidade do 25° Grupamento, em Águas Claras, também tiveram a mesma resposta negativa.

O secretário de Assistência Básica à Saúde, Ricardo Tavares Mendes, afirmou que não há motivos para desconfiar do modelo adotado pela Secretaria. “Todo tipo de teste rápido tem um percentual falso positivo e de falso negativo. Como ele é feito com a amostragem do sangue no nosso sistema de drive-thru, o sangue pode coagular e o exame ler de forma inadequada, mas é um percentual baixo e os que apresentaram problemas foram repetidos de imediato”, disse.

Nos dois dias de testagem no DF, 87 pessoas foram diagnosticadas com a covid-19 e, de acordo com o estado de saúde destas, encaminhados para hospitais de referência no tratamento da doença ou recomendados para isolamento social dentro de suas próprias casas, conforme orientações dos órgãos mundiais de saúde.

Novos postos de testagem

A partir da próxima segunda-feira (27), o DF receberá novos postos de testagem para a covid-19. Os subsequentes locais de atendimento à população, por meio de modelo drive-thru, serão os estacionamentos dos Shopping Iguatemi e ParkShopping, conforme informou a ainda SES/DF. A intenção é que os moradores das cidades ao sul, como Guará, Candangolândia e Park Sul, e ao norte, como Varjão e Lago Norte, sejam contempladas.

“Vamos evoluindo para as demais regiões administrativas de acordo com as quantidades de casos que vão apresentando cada região”, indicou Ricardo Tavares. “Posteriormente iremos migrar para outras regiões. Estamos em negociações para instaurar também em dois locais de Ceilândia: em um shopping e em uma das faculdades da cidade. Depois iremos para a região do Gama, provavelmente no estádio [Bezerrão]. Em Sobradinho I há uma possibilidade de começarmos nos próximos dias também”, complementou.

Agendamento

A fim de evitar possíveis engarrafamentos e longos períodos de espera em filas de carros nos postos de testagem, a Secretaria de Saúde criou uma plataforma para agendamento dos exames rápidos. Por meio do portal https://sistemas.df.gov.br/mteste/, a população poderá marcar os exames rápidos para o novo coronavírus. É preciso realizar um cadastro de acordo com os termos de compromisso da pasta. O recurso ainda não está disponível.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar