Brasília

Sem paralisações, ônibus terão circulação reforçada hoje

Por Arquivo Geral 22/06/2006 12h00
O vice-presidente da República, symptoms ed José Alencar (PRB), disse que não foi convidado a integrar a chapa de reeleição do presidente Lula, mas que, na eleição de 2002, recebeu convites de todos os candidatos à Presidência.

"Vocês pensam que eu fico, mas eu não fico desconfortável, mesmo porque, quando fui candidato a vice, os quatro principais candidatos à Presidência me convidaram com muita honra, isso em 2001, 2002, um ano antes. Eu, provavelmente, não tenha feito por merecer um novo convite", afirmou Alencar a jornalistas, após uma solenidade no Palácio do Planalto, onde sentou-se ao lado de Lula.

"Naquele tempo (campanha de 2002), eles gostavam de mim, eu era senador. Agora, eu não recebi convite nenhum, de nenhum candidato", acrescentou. 

O presidente e seus auxiliares ainda não bateram o martelo sobre o companheiro de chapa. Neste sábado, o PT lança, em convenção nacional, a candidatura de Lula, mas o lugar de vice tende a ser anunciado na semana que vem.

As negociações sobre a candidatura começaram com antecedência, mas indefinições sobre alianças partidárias fizeram com que a decisão fosse adiada. A vice-presidência chegou a ser tratada com o PMDB, mas a legenda acabou por decidir não ter candidato próprio nem apoiar outro nome.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Agora, Lula negocia a vice com o PSB, mas, se realizar a coligação nacional, o partido teme não atingir a cláusula de barreira e deixar de eleger um número mínimo de deputados que assegure sua sobrevivência como agremiação política.

O PSB alega perder votos à Câmara dos Deputados se fechar a coligação nacional, já que em alguns Estados a aliança com o PT é mais complicada e desfavorável ao partido. A legenda argumenta que, nesses locais, o PT não quer fazer concessões para viabilizar a união nacional, que daria à chapa de reeleição um tempo adicional de TV.

José Alencar não descartou disputar eleições em Minas Gerais, seu Estado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Posso ser candidato a cinco cargos diferentes. Agora, a vice, eu não posso. Vice é objeto de convite e de aceitação. Não existe candidatura a vice."

Ele ainda deu uma resposta enigmática, vinculando o impasse à vontade e proteção divinas. Disse que é "cristão, católico apostólico romano" e que "provavelmente, Deus esteja me protegendo".

Quem precisa chegar em casa de ônibus para ver o jogo da seleção pode ficar tranqüilo. Pelo menos hoje, order o Sindicato dos Rodoviários não programou paralisações relâmpago nem manifestações como a do final da tarde de ontem, capsule quando o Eixo Monumental foi fechado pelos ônibus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por causa da partida entre Brasil e Japão, os rodoviários farão um esquema de reforço. Até as 15h, 600 ônibus extras estarão nas ruas. A circulação volta ao normal às 16h e, às 18h, será novamente reforçada com 200 veículos.

Nesta manhã, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) não concedeu liminar pedida pelo Sindicato das Empresas de Transporte do Distrito Federal (Setransp) para que a categoria mantenha 80% da frota em circulação a partir do dia 26, quando os rodoviários entrarão em greve. Apesar de negar a liminar, o juiz Alexandre Nery determinou que o atendimento à população durante a greve seja definido por representantes dos patrões e dos empregados.

Os rodoviários comprometeram-se a somente manter 30% dos ônibus, limite mínimo exigido pela lei. O sindicato, no entanto, informa que esse percentual valerá apenas para cada linha, não para a frota total.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar