Menu
Brasília

Proprietária de padaria é investigada por fazer “gato” de luz e desviar R$ 850 mil em energia na Ceilândia

No local os policiais encontraram um relógio medidor fora do padrão da Neoenergia

João Victor Rodrigues

06/06/2024 6h41

Foto: PCDF

Em Ceilândia, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investigou uma padaria por fazer “gato” de luz e desviar R$ 850 mil em energia elétrica. Esta quarta-feira (5), uma operação conduzida pela 23ª Delegacia de Polícia (P Norte) resultou na prisão em flagrante da proprietária da padaria Saborella.

As investigações indicam que a Neoenergia interrompeu o fornecimento de luz do estabelecimento após a retirada do relógio medidor em 31 de maio deste ano, devido à falta de pagamento das contas de luz.

No entanto, os fiscais da padaria acionaram a PCDF quando descobriram que a padaria continuava operando normalmente.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado