Menu
Brasília

Projeto Dia da Mulher entra em sua 13ª edição com serviços médicos e jurídicos gratuitos

Ação ocorrerá nesta segunda-feira (3), das 8h às 17h, no Nuclão da DPDF; as 12 primeiras edições do evento prestaram, juntas, quase 15 mil assistências

Redação Jornal de Brasília

02/06/2024 9h33

A 13ª edição do Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF oferece serviços gratuitos em diversas áreas, como médica e jurídica | Foto: Divulgação/ DPDF

A 13ª edição do Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) vai oferecer serviços gratuitos de ginecologia, psicologia e fisioterapia, em parceria com o Centro Universitário de Brasília (Ceub). A ação será realizada nesta segunda-feira (3), das 8h às 17h, no Nuclão da DPDF, localizado no Setor Comercial Norte (SCN), Quadra 1, Edifício Rossi Esplanada Business, próximo ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran). A iniciativa é voltada para mulheres em situação de vulnerabilidade.

A instituição de ensino superior vai disponibilizar duas ginecologistas e serviços de psicologia para acolher as demandas das mulheres em situação de risco e vulnerabilidade social. A parceria oferecerá, ainda, atendimentos de fisioterapia e orientações para a prevenção e o cuidado da saúde feminina. Os serviços serão disponibilizados no período matutino.

“Ao unir forças para proporcionar serviços essenciais de saúde para o público feminino, as instituições não apenas melhoram a qualidade de vida das pessoas atendidas, mas também promovem a equidade e fortalecem a rede de proteção”

Emmanuela Saboya, subdefensora pública-geral

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF ocorre na primeira segunda-feira de cada mês. Caso seja feriado, a ação é realizada no primeiro dia útil subsequente. Durante as 12 primeiras edições do evento, realizado desde maio de 2023, foram prestadas quase 15 mil assistências. A cada mês, novas parcerias são firmadas com o objetivo de ofertar mais serviços exclusivos para mulheres em situação de risco devido a fatores sociais, econômicos e violência.

Para a coordenadora do evento e subdefensora pública-geral, Emmanuela Saboya, a parceria com o Ceub é uma iniciativa valiosa. “Ao unir forças para proporcionar serviços essenciais de saúde para o público feminino, as instituições não apenas melhoram a qualidade de vida das pessoas atendidas, mas também promovem a equidade e fortalecem a rede de proteção, exemplificando como ações integradas e colaborativas podem ter um impacto significativo na promoção da justiça social e na redução das desigualdades”, defendeu.

Atendimentos

O Dia da Mulher oferece diversos serviços gratuitos para atender o público feminino em várias áreas. No campo jurídico, a iniciativa oferta atendimentos de conciliação e mediação, orientação jurídica, iniciais de Família e de Fazenda Pública, acompanhamento processual, exames de DNA e atendimento psicossocial.

Na área da educação, são disponibilizadas vagas de estágio de ensino médio, técnico e superior, além de vagas para jovem aprendiz, de 14 a 24 anos, disponibilizadas pelo Instituto da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF). A ação também conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que realiza cadastros no Programa Senac Cursos de Gratuidade (PSG). A entidade oferece ainda, pela Carreta da Beleza, serviços voltados à autoestima da mulher como design de sobrancelhas e corte de cabelo.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet) oferta vagas de empregos e atendimentos ao empregador, como CTPS Digital, seguro-desemprego, orientação profissional, Cesta do Trabalhador, inscrições e orientações para diversos cursos de qualificação profissional e de orientações para o orograma de microcrédito Prospera.

Ações de prevenção e enfrentamento da violência doméstica contra a mulher também estão presentes no evento. A Secretaria da Mulher participa da iniciativa com a entrega de kits e panfletos informativos, além da prestação de orientações a mulheres vítimas de violência. O Núcleo Judiciário da Mulher do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) disponibiliza atendimentos psicossociais de orientação e de sensibilização, além da distribuição de materiais informativos. A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), por sua vez, por meio da Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência (Subav), presta apoio psicossocial às vítimas de violência e seus familiares.

Na área da saúde, as mulheres em situação de vulnerabilidade social participantes do projeto contam com mamografias, exames citopatológicos e consultas odontológicas, além de exames de autocoleta de prevenção do câncer do colo do útero para as mulheres de 30 a 49 anos. Também será possível aferir a pressão ocular. Ainda na área da saúde, a Secretaria de Saúde oferece vacinação contra hepatite B e tríplice viral (rubéola, caxumba e sarampo), febre amarela e DT (difteria e tétano).

Evento da DPDF ocorre na primeira segunda-feira de cada mês; caso seja feriado, a ação é realizada no primeiro dia útil subsequente

A Secretaria da Pessoa com Deficiência disponibiliza o Cadastro da Pessoa com Deficiência, a Carteira de Identificação para Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, orientações sobre passe livre especial e sobre Benefício de Prestação Continuada (BPC), além da distribuição de material informativo. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab) também participa do evento e realiza atendimentos referentes à regularização e à inscrição em programas habitacionais.

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Móvel, da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), oferta a prestação de serviços socioassistenciais, com a disponibilização de 100 senhas. E a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai distribuir água potável ao longo do evento.

Com informações da Agência Brasília

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado