Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Primeiras doses para vacinação infantil não serão suficientes

Neste primeiro momento, apenas crianças com 11 anos ou com comorbidades poderão se imunizar contra o vírus

Por Geovanna Bispo 12/01/2022 4h14

As primeiras doses para a imunização contra a covid-19 dos pequenos brasilienses devem chegar nesta sexta-feira (14) a capital, mas elas não são suficientes e devem acabar no primeiro dia da campanha. A vacinação está prevista para começar neste domingo (16), mas, segundo o governador em exercício, Paco Britto (Avante), as 16.300 doses devem acabar no mesmo dia.

Neste primeiro momento, apenas crianças com 11 anos ou com comorbidades ou deficiências permanentes poderão se imunizar contra o vírus. Ainda de acordo com Paco, serão 11 postos exclusivos para a vacinação do grupo. Vale lembrar que não é necessário pedido médico para a vacinação.

As doses serão divididas, sendo 10 mil para crianças com 11 anos e 6 mil para crianças com comorbidades. Segundo a Secretaria de Saúde, no Distrito Federal, existem cerca de 268 mil crianças que se encaixam no grupo, sendo 15 mil com comorbidades.

IdadeMeninosMeninasTotal
11 anos20.50819.58540.093
10 anos20.06819.11339.181
9 anos19.69918.71138.410
8 anos19.42618.71137.837
7 anos19.26918.23337.502
6 anos19.25618.20537.461
5 anos19.39018.33237.722

Serão indicados 11 postos exclusivos para crianças de 11 anos ou com comorbidades e sem dificuldade de locomoção, com horário de funcionamento de 8h às 17h. Para crianças com comorbidades e dificuldade de locomoção, haverá postos itinerantes.

Veja onde serão os postos fixos:

  • Sobradinho
  • Planaltina
  • Santa Maria
  • Paranoá
  • Ceilândia
  • Brazlândia
  • Plano Piloto
  • Cruzeiro
  • Guará
  • Taguatinga
  • Samambaia

Ainda que não impeça a infecção, a vacina é a forma mais eficaz evitar o agravamento dos sintomas, que podem levar a morte. Segundo os cartórios de registro civil de todo o Brasil, cerca de 324 crianças faleceram em decorrência de complicações relacionadas ao vírus desde o início da pandemia, em março de 2020.

Neste primeiro lote, o Ministério da Saúde receberá 1,2 milhão de doses da vacina da Pfizer, única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunizar o grupo. As doses estão programadas para chegar nesta quinta (13) e devem ser distribuídas já na sexta para todos os estados e DF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar