Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Parques e quadras são depredados no Riacho Fundo

A Administração Regional do Riacho Fundo pede mais zelo da população em relação aos equipamentos de desporto e lazer da cidade

Um dos 12 parques infantis depredados. Casos de vandalismo podem ser denunciados à Polícia Civil, pelo número 190 | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

A população perde espaços de lazer e diversão cada vez que um ponto público é depredado no Distrito Federal, é o que acontece no Riacho Fundo. Nos últimos dois anos, foram investidos R$ 1.617.151 na manutenção de 10 quadras poliesportivas e 12 parques infantis. No entanto, 16 dos 22 pontos já estão deteriorados devido à falta de cuidado no uso dos equipamentos e aos atos de vandalismo dos próprios moradores.

A Administração Regional do Riacho Fundo pede mais zelo da população em relação aos equipamentos de desporto e lazer da cidade.

A administradora da cidade, Ana Lúcia Melo, afirma que os principais danos são a quebra dos balanços infantis, a retirada e a pichação das tabelas de basquete e a depredação dos portões dos parquinhos e quadras. “Estávamos há mais de 20 anos sem reforma nesses tópicos. Essa gestão veio e fez todo esse investimento e não estamos tendo o retorno esperado”, comenta. Os estragos foram verificados no fim de abril deste ano, após vistoria realizada pela Diretoria de Obras da Administração da região.








Você pode gostar