Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Liberdade com responsabilidade, diz Ibaneis sobre retirada de máscaras

Na manhã desta quarta-feira (27), o mandatário comentou sobre a decisão durante o evento de nomeação de novos servidores públicos

Foto: Elisa Costa/Jornal de Brasília

Guilherme Gomes e Elisa Costa
[email protected]

Na tarde de ontem (26), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), desobrigou o uso de máscaras de proteção facial ao ar livre a partir de 3 de novembro (quarta-feira da semana que vem) na capital. Na manhã desta quarta-feira (27), o mandatário comentou sobre a decisão durante o evento de nomeação de novos servidores públicos.

“O momento é propício para a libertação das pessoas, podemos dizer assim, as taxas de transmissão estão caindo, tem vagas nos leitos e a vacinação está avançando. É Liberdade com responsabilidade”, afirmou Ibaneis Rocha.

A decisão de Ibaneis sobre o uso de máscaras aconteceu após o registro da taxa de transmissão da covid-19 mais baixa da capital, calculada ontem em R(t) 0,79. Isso significa que uma pessoa pode transmitir para outras 79. Quando o índice R(t) está abaixo de 1, a pandemia tende a regredir.

“Se o índice voltar a 1,0 teremos que voltar com as medidas restritivas. Pedimos que as pessoas evitem aglomerações e que utilizem máscaras em locais fechados”, completou o governador.

Sobre a exigência do passaporte da vacina para entrar no DF, Ibaneis disse em tom firme que isso não vai acontecer na capital. “Nada de passaporte aqui no DF, já disse isso várias vezes”, disse o governador.

Nas últimas 24 horas, o DF registrou 298 novos diagnósticos de Covid-19 e 19 mortes. Desde o início da pandemia, 514.035 pessoas já foram infectadas na capital, sendo que 97,1% (499.087) deste número estão recuperados. Do total de casos, 10.831 (2,1%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nomeação na véspera do Dia do Servidor

As declarações de Ibaneis Rocha ocorreram durante o evento de nomeação dos aprovados em concursos públicos das secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes), Justiça (Sejus) e da Mulher (SMDF). O evento aconteceu no Salão Branco do Palácio do Buriti.

“Essa nomeação demonstra o carinho pelos servidores públicos no DF. A nomeação na véspera do dia do servidor foi de propósito. Demos preferência para área da saúde, socioeducativo e educação”, disse Ibaneis Rocha na cerimônia.

“Nós temos dentro das secretarias o acolhimento e junção de diversos serviços que não existiam para a maioria das pessoas. Vocês serão servidores públicos para cuidar de gente e isso não tem nada melhor no mundo”, afirmou Ibaneis para os servidores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar