Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Justiça decreta a prisão preventiva de todos os envolvidos no roubo da QL 6

Um das prisões foi cumprida na tarde desta quarta. Os outros três envolvidos, que já haviam sido presos temporariamente por dez dias, encontram-se foragidos. A PCDF continua à procura do trio.

O MPDFT ofereceu nesta quarta-feira (5), uma denúncia contra todos os quatro participantes do assalto à residência localizada no SHIS QL 6, ocorrido em fevereiro. Os criminosos agiram disfarçados de Policiais Federais. A pedido da PCDF, o Ministério Público decretou a prisão preventiva dos quatro denunciados.

Um das prisões foi cumprida na tarde desta quarta. Os outros três envolvidos, que já haviam sido presos temporariamente por dez dias, encontram-se foragidos. A PCDF continua à procura do trio.

O detido é o responsável por planejar o assalto, além de participar efetivamente da ação, vestido de Policial Federal. Segundo as investigações, o assalto foi planejado em dezembro de 2020. Nesse período, seguiram a vítima e conheceram seus percursos e rotina. Os encontros para preparação do assalto ocorreram no setor H Norte de Taguatinga, onde o primeiro participante identificado possui uma oficina mecânica.

O segundo assaltante preso, tem 39 anos e gozava de prisão domiciliar à época do assalto, em razão do envolvimento com tráfico de drogas. Ele também trabalhava com reparos de veículos no setor H Norte de Taguatinga.

A PCDF prendeu os dois últimos participantes do assalto no mês passado. Um deles foi preso em um apartamento do Setor de Indústrias Gráficas. Em poder dele foi encontrado um revólver calibre 38, municiado. Ele tem 44 anos, já se envolveu em outros 9 (nove) assaltos e estava procurado. O quarto assaltante foi preso no Setor H Norte de Taguatinga. Ele tem 18 anos e não possui antecedente criminal. Segundo se apurou, ele auxiliou os comparsas na fuga.

Com informações da PCDF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar