Brasília

IFB produz variedades de álcool para combate à covid-19

As opções já passaram por testes sendo possível concluir a capacidade de esterilização de ambiente e uso para higienização das mãos

ALCOOL GEL ALCOOL GEL

Para auxiliar no combate ao novo coronavírus no Distrito Federal (DF) técnicos, professores e estudantes do Instituto Federal de Brasília (IFB) estão produzindo álcool em gel, álcool glicerinado, álcool isopropílico e produtos sanitizantes seguindo os parâmetros da Organização Mundial da Saúde (OMS).

As opções já passaram por testes sendo possível concluir a capacidade de esterilização de ambiente e uso para higienização das mãos. Agora, com a chegada dos recursos financeiros vindos do Ministério da Educação (MEC), a expectativa de produção é de cerca de 7 mil litros de álcool em gel durante um trabalho de cerca de cinco meses.

“O trabalho envolve todos nós, professores, técnicos do Instituto e alguns estudantes. Nosso objetivo é apoiar de forma efetiva a sociedade em um momento tão delicado. É uma iniciativa que envolve outros campi e faz parte de um grupo maior de pesquisa no IFB. Todos unidos para propor ações no combate à Covid-19”, conta a professora Aline Auxiliadora Tireli Miranda, docente do Campus Estrutural, à Globo.

Com a produção do insumo serão feitas distribuições para escolas e hospitais da rede pública, como, por exemplo, o Hospital de Samambaia (Hrsam), além da população em situação vulnerável no DF.  Os trabalhos das equipes do IFB têm sido realizados nos laboratórios do Campus Gama e do Campus Estrutural.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar