Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

GDF lança o programa Renova-DF em Samambaia

Com o objetivo de capacitar profissionais, facilitar o ingresso no mercado de trabalho e reformar espaços públicos, o projeto Renova-DF vai qualificar pessoas desempregadas

Por Guilherme Gomes 08/06/2021 11h45
Foto: reprodução

Com o objetivo de capacitar profissionais, facilitar o ingresso no mercado de trabalho e reformar espaços públicos, o projeto Renova-DF vai qualificar pessoas desempregadas para atuarem nas áreas de construção civil e jardinagem. Os participantes também vão receber um salário mínimo, além de auxílio transporte e seguro contra acidentes pessoais. Nesta terça-feira (8), o Governo do Distrito Federal (GDF), lançou o programa em Samambaia.

“Nós conseguimos juntar vários órgãos para levar a qualificação profissional aliada a uma ajuda de custo […] muita gente perdeu seu emprego na pandemia. Por isso esse trabalho, para garantir a segurança alimentar”, afirmou o governador Ibaneis Rocha.

“Bolsa de 1.100 reais para as pessoas cadastradas. Mas o mais importante, a qualificação para emprego”, disse o mandatário sobre o programa social.

Seguindo a linha social, o governador do DF lembrou que a capital saiu de 8 mil cestas básicas para 35 mil cartões do prato cheio “que auxilia as famílias carentes a colocar comida dentro de casa”

Cheiro de Roriz

“Quando a gente chega em Samambaia a cidade tem cheiro de Roriz, cheiro de povo. A cidade precisa de muita coisa. Vamos inaugurar o Rorizão 2 (restaurante comunitário) para alimentar a população”, disse Ibaneis sobre a região administrativa.

Renova-DF

O Renova-DF é uma parceria entre as secretarias de Trabalho, Governo e Transporte e Mobilidade; as companhias Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e Energética de Brasília (CEB); o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF).

Serão três meses de formação para cada grupo de mil alunos com 20 horas semanais. Eles terão aulas teóricas e práticas ministradas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para cursos de carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro. Nas aulas práticas, os estudantes farão a recuperação de praças, parques infantis, quadras, campos de futebol, Pontos de Encontro Comunitário (PECs), calçadas, jardins e paradas de ônibus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os participantes devem ter frequência e aproveitamento igual ou acima de 80% para receber os auxílios e o certificado de conclusão de curso. Aqueles que tiverem acima desse percentual poderão participar, gratuitamente, de qualquer outra formação oferecida pelo Senai-DF. Alunos analfabetos terão curso de alfabetização sem custos.

Os estudantes já foram selecionados e entregaram toda a documentação. Participam pessoas com mais de 18 anos; moradores do DF; nato, naturalizado ou estrangeiro em situação regular no país; e em situação de desemprego.






Você pode gostar