Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Décimo segundo dia de buscas por Lázaro Barbosa

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás informou que as equipes estão cada dia mais conhecedoras das peculiaridades da área de atuação e do perfil de ação de Lázaro

Por Guilherme Gomes 20/06/2021 12h27

Já faz doze dias que mais de 400 policiais procuram por Lázaro Barbosa, suspeito de fazer uma chacina em Ceilândia (DF). Conhecido como serial killer, o homem tem uma extensa ficha criminal e já trocou tiros com a polícia quatro vezes durante os dias de buscas.

O procurado têm interferido na rotina dos moradores e trabalhadores de chácaras localizadas nas regiões de Edilândia, Girassol, Cocalzinho e Águas Lindas. Desde que assassinou uma família no Incra 9 (ceilândia), em 9 de junho, ele tem invadido e incendiado propriedades, ameaçado moradores e feito reféns.

A força-tarefa ocorre nas proximidades de Girassol (GO), onde o pai de Lázaro mora. É um povoado que pertence ao município de Cocalzinho de Goiás. A cidade tem uma população estimada em pouco mais de 20 mil habitantes, segundo o IBGE. A reportagem percorreu alguns quilômetros de uma das estradas de terra que dá acesso às chácaras, dentro do perímetro onde as buscas se concentram

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás informou que as equipes estão cada dia mais conhecedoras das peculiaridades da área de atuação e do perfil de ação de Lázaro. “O trabalho continua de forma intensiva envolvendo as polícias militar e civil de Goiás e do Distrito Federal, Polícia Federal e Rodoviária Federal, além da DPOE/DF”, informou a SSP-GO.

A secretaria alertou que todas as informações que chegam ao conhecimento da força tarefa estão sendo devidamente conferidas. Caso não sejam de caráter reservado, serão divulgadas. A pasta pediu ainda a denúncia de informações relevantes que podem ser encaminhadas pelo número 190.






Você pode gostar