Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Crianças atropeladas por motorista embriagado no DF respiram sem aparelhos

As meninas Ana Julia Pereira e Bruna Raquel Fonseca foram retiradas da respiração artificial, mas permanecem no Hospital de Base.

Boletim divulgado pelo Instituto de Gestão Estratégica em Saúde (Iges-DF) nesta sexta (27) informa que duas crianças, vítimas do atropelamento que comoveu o Distrito Federal, foram extubadas ontem e estão estáveis. As meninas são Ana Julia Pereira, de 7 anos, e Bruna Raquel Fonseca Pereira, de 6 anos. A extubação é a retirada de tubo que fornece ventilação mecânica para a paciente respirar. Elas permanecem no Hospital de Base.

Sofia Valentina Muniz, de 4 anos, será avaliada pelo setor de neurologia do hospital, para avaliação sobre possível extubação.

O atropelamento de cinco crianças aconteceu no último domingo (22), quando Francisco Manoel da Silva, de 53, atingiu as vítimas. Ele estava embriagado e sem habilitação. O motorista foi autuado pelos crimes de lesão corporal culposa, qualificada pela condição de embriaguez do autor e por dirigir veículo sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A menina Maria Eduarda, de 10 anos, foi a primeira a receber alta na segunda (23). A outra vítima a sair da UTI no dia 25 de maio foi Ester Isabely Rodrigues Pereira, de 10 anos.








Você pode gostar