Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Covid: MPDFT investiga vacinação irregular de coronéis da PM

As investigações estão sendo feitas desde abril e ainda está reunindo informações sobre as irregularidades

Por Geovanna Bispo 04/08/2021 1h11
Foto: CARLOS OSORIO/REUTERS – 05.05.2021

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) está investigando a vacinação irregular de coronéis da Polícia Militar do DF contra a covid-19. Segundo a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus), os oficiais de alta patente tomaram as doses de forma antecipada, quando a orientação era que as forças recebem as vacinas que sobrassem nos postos, a chamada “xepa”.

Até então, são investigados o ex-comandante-geral e coronel da reserva Julian Rocha Pontes, o ex-subcomandante-geral e coronel da reserva Cláudio Fernando Condi e o tenente-coronel da ativa Clóvis Eduardo Condi. As investigações estão sendo feitas desde abril e ainda está reunindo informações sobre as irregularidades.

O promotor de Justiça da promotoria, Clayton Germano, explica que é importante avaliar se os critérios para a vacinação foram obedecidos, já que a irregularidade pode configurar crime ou prática de improbidade administrativa, que significaria que os envolvidos utilizaram o cargo para se beneficiar.

As informações são do MPDFT






Você pode gostar