Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Cerca de 7,5 toneladas de lixo recolhidas no sábado de Carnaval no DF

Operação contou com mais de 1,2 mil garis em blocos no Plano Piloto, Cruzeiro, Taguatinga e Ceilândia

Equipes de garis do SLU atuam com precisão em trabalho que, reforçado no Carnaval, garante a limpeza da cidade todos os dias | Foto: Divulgação/SLU

O sábado de Carnaval no Distrito Federal contou com 1,2 mil garis atuando nos blocos que saíram no Plano Piloto – Cruzeiro -, em Taguatinga e em Ceilândia. Ao todo, foram recolhidos 7.452 kg de lixo gerados durante a folia. A maior concentração foi no Plano Piloto, onde se registrou a retirada de 4.476 kg de resíduos.

“O SLU está trabalhando durante todos os dias da festa para limpar as áreas públicas que recebem os foliões”, afirma o diretor-presidente do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Silvio Vieira. “Também distribuímos papa-recicláveis personalizados com o tema da campanha em locais estratégicos do Carnaval de Brasília.”

Ação e conscientização

Durante toda a folia no Distrito Federal, mais de cinco mil garis trabalham na varrição e catação dos resíduos, com o apoio de aproximadamente 500 equipamentos. Também foram instalados 40 papa-recicláveis em pontos estratégicos do DF e mais de 21 mil lixeiras em todas as regiões administrativas.

Além disso, o órgão tem atuado conscientizando os foliões com a campanha “Sem sujeira, a folia fica mais legal” e com o prêmio Folia Limpa BSB, que mede a quantidade de lixo produzida em cada bloco para premiar o mais limpo. Em 2023, o primeiro lugar do concurso ficou com o Rebu, que desfilou no Parque da Cidade.

Coleta

O Carnaval de 2023 foi considerado o mais limpo da série histórica do DF em relação à quantidade de resíduos recolhidos. Em cinco dias, o SLU retirou cerca de 26,6 toneladas de resíduos nas áreas do Plano Piloto e em Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Brazlândia e Estrutural.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2019, houve a coleta de 49,7 toneladas e, em 2018, de 82 toneladas. Ano passado, a força-tarefa de limpeza contou com 1.167 garis, além de 20 fiscais por dia e 38 veículos para ações de limpeza e fiscalização. Foram utilizados mais de 8,4 mil sacos de lixo.

Com informações da agência Brasília






Você pode gostar