fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Prefeito de Niterói-RJ é alvo da PF e do MPF

Órgãos miram irregularidades em obras do BRT e em contratos de publicidade feitos pela prefeitura

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O prefeito de Niterói-RJ, Rodrigo Neves, é alvo de operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta quarta-feira (16). Agentes foram até a residência de Neves e apreenderam o celular do prefeito.

São cumpridos, ao todo, 11 mandados, sendo oito no Rio de Janeiro e três em São Paulo. A operação foi batizada de Transoceânica.

A ação visa apurar irregularidades nas obras do BRT Transoceânica Charitas-Engenho do Mato. A obra ficou R$ 34 milhões mais cara do que o previsto. Contratos de publicidade firmados pela Prefeitura de Niterói também estão na mira.

Em nota, a Prefeitura classificou a operação como “abusiva, típica de regimes autoritários”. “O Prefeito vem sofrendo ataques e perseguições, sobretudo a partir do ano de 2018, mas nada foi encontrado contra ele”, declarou o órgão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rodrigo Neves, que está no segundo mandato. já foi preso pela PF em 2018. À época, Neves era acusado de integrar grupo que desviou R$ 10 milhões em contratos de transporte. O prefeito foi solto no ano seguinte.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade