fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Confirmada quarta morte causada pelo desabamento em Fortaleza

Vítima é do sexo masculino. Outras sete pessoas seguem desaparecidas

Willian Matos

Publicado

em

Da redação
redacao@grupojbr.com

Foi confirmado, na manhã desta quinta-feira (17), mais um óbito causado pelo desabamento do edifício Andréa, em bairro nobre de Fortaleza, na última terça (15). Outras sete pessoas seguem desaparecidas.

A vítima, do sexo masculino, ainda não foi identificada. Ele é a quarta vítima fatal, segundo o Corpo de Bombeiros, que trabalha no resgate. Sete pessoas foram retiradas dos escombros com vida.

Até então, das quatro mortes, duas foram identificadas. Izaura Marques Menezes, de 81 anos, é a terceira vítima fatal; Frederick Santana dos Santos, 30, foi o primeiro óbito confirmado. Frederick estava entregando água no mercadinho ao lado do prédio; já Izaura estava em casa; o marido dela, Vicente de Paula Vasconcelos de Menezes, de 87 anos, e a filha, Rosane Marques de Menezes, de 55 anos, ainda estão desaparecidos. O neto, Fernando Marques, 20, foi resgatado com vida.

Resgatados

As sete pessoas retiradas dos escombros com vida são:

  • Fernando Marques, 20 anos, resgatado com ferimentos leves;
  • Antônia Peixoto Coelho, 72 anos, estado de saúde grave;
  • Cleide Maria da Cruz Carvalho, 60 anos, hospitalizada com ferimentos, quadro estável;
  • Davi Sampaio, 22 anos, escoriações leves. Davi é o rapaz que enviou uma selfie a familiares enquanto estava sob os escombros;
  • Gilson Gomes, 53 anos, resgatado de um pequeno comércio ao lado do prédio;
  • Francisco Rodrigues Alves, 59 anos, porteiro e zelador do edifício;
  •  João Ycaro Coelho de Menezes, 35 anos, sobrinho de Antônia Peixoto Coelho, 72 anos, Ele foi hospitalizado e já teve alta.
Publicidade
Publicidade
Publicidade