Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Coluna Marcelo Chaves

No dia dedicado a elas, mulheres falam quais são os desafios de ser mulher

Por Marcelo Chaves 08/03/2021 10h01

Apesar do dia 8 de março ser dedicado às mulheres de todo mundo, a verdade é que todos os dias do ano elas merecem ser homenageadas. Guerreiras na luta por seus direitos e pelo espaço que estão conquistando cada vez mais na sociedade, elas nunca desistem de alcançar as suas conquistas, que são muitas.

Mas os desafios também são muitos, e continuam. Mas não há nenhuma barreira que consiga atrapalhá-las. Neste 8 de março, a coluna ouviu mulheres das mais variadas áreas de atuação, que revelaram, dentro da opinião de cada uma delas, quais são os maiores desafios de ser mulher nos dias de hoje no Brasil.

Mayara Noronha

Mayara NoronhaPrimeira-dama do DF

“A mulher moderna vem ganhando cada vez mais o estigma de ser polivalente, e, por isso, é exigido dela o desempenho de diversas funções de forma simultânea: cuidar da casa, dos filhos e da carreira. Mas não é preciso estar na pele feminina para chegar à conclusão de que é humanamente impossível dar conta de tudo ao mesmo tempo sem se abalar fisicamente e emocionalmente. Durante a pandemia, as responsabilidades delas não cresceram, no entanto, vieram juntas, de uma só vez, sem nenhuma pausa para descanso. Nessa era da mulher empoderada, digo que o trabalho é importante e essencial; o sofrimento, não. Precisamos valorizar o que nos faz bem.”

Gilda Sigmaringa Seixas

Gilda Sigmaringa Seixas – Desembargadora federal

“O maior desafio é desnaturalizar o papel secundário que ainda exercemos na sociedade. Visto que, além da sua profissão, também lhe é atribuída a função de cuidar da casa, da família, e, muitas de nós sem nenhum auxílio. Sempre lutamos por nossos direitos buscando a voz que merecemos na sociedade, seja com o direito ao voto e até mesmo estudar e trabalhar, porque muitas, ainda, criam seus filhos sozinhas, sendo arrimo de família. E me deixa muito triste ver a quantidade de casos de feminicídio aumentando nos dias de hoje. Só conseguiremos reverter este quadro nos unindo e educando nossos filhos com valores de respeito a todas as mulheres.”

Maria Elizabeth Rocha

Maria Elizabeth Rocha – Ministra do STM

“Os desafios das mulheres no Brasil ainda consistem no enfrentamento das estruturas patriarcalistas que insistem em discriminar o gênero feminino em todas as suas latitudes e que se fazem sentir, sobretudo, na diminuta ocupação dos espaços de poder e na violência doméstica a qual elas são submetidas; violência que custa ao país 10,5 por cento do PIB nacional.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Vera Carla Silveira

Vera Carla Silveira – Juíza aposentada e advogada

“A meu ver, o maior desafio de ser mulher, em nossos tempos, reside em alçar os voos profissionais pelos quais lutamos e conquistamos nossas posições, sem perder a ternura que nos é insita e a capacidade de edificar, principalmente, com fraternidade.”

Flávia Arruda

Flávia Arruda – Deputada federal

“O desafio da mulher hoje é vencer os preconceitos históricos, ocupar espaços e lutar por respeito. Sou a primeira deputada a presidir a comissão de orçamento do Congresso Nacional. Tive que vencer todos os preconceitos arraigados numa casa ainda machista e sei a luta que temos que enfrentar para buscar igualdade. Mas já avançamos e vamos seguir lutando.”

Stela Guerra

Stela Guerra – empresária

“Conciliar os inúmeros papéis atribuídos a nós é um grande desafio. Nesse momento delicado da vida de todos nós, em plena pandemia, equilibrar esses papéis de mãe, empresária e dona de casa bem como criar oportunidades, inovar e exercer a empatia são os melhores antídotos para esse momento tão difícil. Espero que tudo passe logo e que possamos nos abraçar em breve, num mundo mais justo, igualitário e amoroso.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Margarita Bazzano

Margarita Bazzano – médica

“Um dos maiores desafios é ser empreendedora e ter a sensibilidade feminina que é tão necessário no mundo de hoje. O essencial é ter empatia e se colocar no lugar do outro.”

Mércia Oliveira

Mércia Oliveira – enfermeira

“O desafio é de todos os dias ao acordar, ter a certeza que precisamos nos superar. É lutar contra a desigualdade de gêneros e desigualdade salarial, é nos proteger da violência sexual e doméstica. É sentir a baixa representatividade política. E no fim do dia, lutar para não virar estatística do feminicídio. E continuar sendo forte sem perder a doçura, a delicadeza. É tentar cuidar de todos e não esquecer de cuidar de si. Afinal de contas não queremos ser a Amélia da canção de Ataulfo Alves que não tinha a menor vaidade.”

Zezé Motta

Zezé Motta – atriz

“Me lembrei de uma frase que eu li há algum tempo, mas não me recordo onde: Ser é ousar ser. Então para uma pergunta importante como essa, eu pensei que não dá para ter uma resposta simples. Eu diria que ser mulher hoje em dia é e sempre foi ousar ser.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Eliane Rocha

Eliane Rocha – jornalista

“Houve avanço, mas ainda há muito a se conquistar. E o caminho é longo, árduo, repleto de desafios que só serão sobrepostos com a eliminação do sexismo e do machismo que nos impedem de podermos ser o que desejamos e merecemos. Por maior representatividade na política e em cargos de liderança, divisão dos trabalhos domésticos e na criação dos filhos, salários iguais e respeito para com o nosso corpo.”

Isabella Carpaneda

Isabella Carpaneda – escritora

“Não queria cair no que sempre é dito, mas mesmo com a popularização do debate, ainda buscamos vencer as desigualdades salariais e a necessidade de provarmos diariamente nossa competência profissional.

Roseli de Melo

Roseli de Melo – professora universitária

“Historicamente ocupamos uma posição de subordinação, que variou desde a raça, gênero e classe social. Mesmo com muita luta, alguns problemas persistem. Ainda, somos uma categoria em que as dificuldades se estendem até no mercado de trabalho. Podemos dizer que, numa sociedade em que se privilegia padrões de beleza, envelhecer é um desafio.”

Fotos: Arquivo Pessoal e Reprodução

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar