fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Coluna Marcelo Chaves

Miss Brasília 2020 fala sobre solidariedade e muito mais na coluna. Confira!

Marcelo Chaves

Publicado

em

PUBLICIDADE

Bonita, inteligente e bastante solidária. Essas são algumas das características de Caroline Gomes Teixeira, brasiliense de 22 anos que foi eleita Miss Brasília 2020. O concorrido concurso foi realizado no mês passado. Moradora do Sudoeste, ela concorreu com mais 30 candidatas representando a Asa Sul. Estudante do 10º semestre do curso de Direito, ela conversou com a coluna sobre a emoção de ter conquistado o título e projetos futuros.

Como se sentiu com a vitória?

Apesar das circunstâncias adversas, impossibilitando que a coroação ocorresse junto ao público, em evento aberto, por conta da pandemia de coronavírus, o momento foi especial e único. Fui tomada por um sentimento de plena felicidade, ao mesmo tempo em que tive a consciência do tamanho da responsabilidade que é representar Brasília.

Ser miss é muito mais que beleza na sua opinião?

Sim. Ao longo do tempo, significativas mudanças vêm ocorrendo nos concursos de miss. O Concurso Nacional de Beleza, que elege a Miss Brasil Mundo, no qual concorrerei como Miss Brasília, além da beleza física, valoriza o talento, a criatividade e a personalidade das candidatas, incentivando, inclusive, a criação ou apoio de projetos sociais. Recentemente, o concurso anunciou o slogan “Ressignificando Beleza”, com quebra de padrões previamente estabelecidos, abrindo as portas para todas as formas de beleza. Essa mudança de paradigma foi uma grande evolução, pois acredito que a beleza interior tem papel fundamental e determinante na beleza física.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como pretende usar o título de miss para trabalhar em favor da cidade?

O título de miss possui grande representatividade, permitindo influenciar pessoas positivamente em prol do desenvolvimento social de nossa cidade. Também é uma oportunidade de adquirir visibilidade, o que será uma ferramenta útil para auxiliar o próximo. Acredito que, somente através da cultura do diálogo e do amor, poderemos superar os problemas sociais da atualidade.

Você costuma trabalhar em projetos sociais? Gosta de ajudar os mais necessitados?

Participo como voluntária em projetos sociais, um deles é o “Formiguinhas do bem do Brasil”, e pretendo, no desempenho do título de miss, atuar de forma ainda mais acentuada em favor de causas sociais. Buscarei ser um agente transformador das condições sociais daqueles que mais necessitam. Acredito que somente através da cultura do diálogo e do amor, poderemos superar os problemas sociais da atualidade.

Nesse período difícil que o mundo está enfrentando com a pandemia de covid-19, você está tirando algum ensinamento desta situação?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com certeza a situação nos faz refletir bastante. Apesar de ser um período difícil, também é um momento para buscarmos nossa evolução pessoal. Acho fundamental manter o pensamento positivo e, por esta razão, procuro valorizar o tempo com a família, adquirindo novos hábitos e mantendo uma rotina. Acredito que é uma oportunidade de pensarmos nas prioridades que escolhemos para nossas vidas.

Como estão sendo os cuidados para evitar o coronavírus? Está fazendo o isolamento social como recomendado pelas autoridades?

Estou observando as recomendações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério Saúde. Dentre as medidas: encontro-me em isolamento social, tendo apenas contato com meus familiares que residem comigo; estou tomando cuidado com a higienização das mãos e deixo minha residência apenas para ir à farmácia e ao supermercado, em situações essenciais.

Seus pais Carlos Magno e Aline e seu tio, o ministro do STJ Reynaldo Soares da Fonseca, estavam na torcida para que vencesse o concurso. Pretende comemorar com todos eles e seus amigos, assim que passar a quarentena?

Com certeza, eles torceram bastante, inclusive foram essenciais na etapa de votação popular. Não vejo a hora de poder reunir essas pessoas queridas para agradecer todo apoio e torcida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compras

Reabrindo aos poucos o comércio após o surto de coronavírus que está sendo controlado no país, os ricos da China voltaram as compras. A loja Hermès do Shopping Taikoo Hui, em Guangzhou, bateu recorde de vendas. Em apenas um dia foi vendido o equivalente a US$ 2,7 milhões.

De olho…

As empresas Google e Apple estão criando aplicativos que permitirão seus usuários – tanto da plataforma iOS quanto Android – a saberem se estiveram próximos de alguém com o diagnóstico positivo para covid-19. Ambos softwares aplicarão uma API (Application Programming Interface…

…na…

…ou Interface de Programação de Aplicações) para autorizar o dispositivo bluetooth para liberação de dados e assim identificar outros usuários que deram positivo para o teste. Parece complicado, mas essa tecnologia irá acessar dados de hospitais para compartilhamento das informações.

…covid-19

Os dados de saúde (caso tenha passado por serviços de hospitais) do usuário que estiver contaminado poderão ser expostos pelo aplicativo. A questão é: para que esse tipo de informação seja acessada, ambos usuários (tanto o contaminado quanto o saudável) deverão ter o aplicativo instalado.

Vetado

Mas ao que tudo indica, no Brasil a ideia não poderá ser materializada. Na tarde de ontem, o presidente Jair Bolsonaro vetou que a geolocalização do Brasil fosse liberada para as empresas desenvolverem um aplicativo que ajude a detectar pessoas contaminadas pelo celular para prevenção.

Atitude

Moema Leão postou uma foto em sua conta no instagram na tarde de ontem, que ganhou muitos elogios. A empresária publicou um post de uma foto sua em uma máquina de costura fazendo máscaras para doar para a comunidade carente do DF. Foram mais de 150 comentários elogiando a iniciativa.

Foto: Arquivo Pessoal


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade