Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Coluna Lia Dinorah para sexta (20): O representante da LBV, Paulo Medeiros com Maria Yvelônia dos Santos, ladeados por Darina Serra, Allison de Sousa Barbosa, Catarine da Silva Gonçalves, e Francisco das Chagas Santos e Silva Filho, de 9 anos, atendido pela instituição

Por Lia Dinorah 20/05/2022 1h51

Anarriê

Com buffet recheado de comidas típicas e música ao vivo, o Gran Bier recebe convidados nesta sexta-feira, a partir das 12h, para o ponta pé inicial de sua temporada junina!

Licença Poética

Em badalado coquetel neste sábado, das 9h às 13h, na QI 15 do Lago Sul, Manuella Melão vai apresentar a mais nova marca de acessórios da capital, Licença Poética. A grife é composta por peças de muito bom gosto, para encher os olhos e a vida de poesia, beleza e poder.

Foto de Philippe Labeguerie

Vinexpo Asia

A maior feira de negócios de vinhos na Ásia deixará Hong Kong. A partir de 2023 a Vinexpo será realizada em Cingapura. A nova data já está marcada entre 23 e 25 de maio do próximo ano. O evento passará a ser anual e terá lugar na Marina Bay Sands, maior espaço para convenções da cidade-estado. Em entrevista para o site inglês The Drink Business, o diretor-geral da Vinexposium, o francês Rodolphe Lameyse, disse que Hong Kong não é onde os organizadores da feira querem estar no futuro devido à “turbulência democrática e à Covid”. Como isso Cingapura será um hub que visa atender a Ásia, mas também a Austrália.

Odessa na história do vinho

Esta é uma dessas belas histórias que podem acontecer durante uma guerra… Soldados da 126ª brigada de Defesa Territorial ucraniana descobrem ânforas de vinhos com mais de 1500 anos em Odessa. Enquanto cavavam as defesas da cidade contra os invasores russos, os soldados encontram tesouros que datam dos séculos 4 e 5, quando a cidade se chamava Odessus e era dominada pelos gregos, romanos e bizantinos. Os artefatos, utilizados nos primórdios para produzir e armazenar vinho foram enviados para o Museu Arqueológico de Odessa. Infelizmente a guerra é uma ameaça para conservação desta descoberta entre outros artefatos e obras de artes que fazem parte do patrimônio da Ucrânia.

Foto: Twitter

Austrália a frente do vinho sustentável

A Sustainable Winegrowing Australia acaba de publicar seu relatório anual detalhando o resultado do conjunto de ações do amplo programa de práticas sustentáveis implementadas por vinhedos e vinícolas em todo o país. O engajamento dos cerca de 900 membros é incontestável: 87% dos vinhedos e 79% das vinícolas já tomaram medidas para reduzir o uso de água e mais da metade dos membros se dedicaram à biodiversidade usando melhores práticas de manejo de solo e nutrientes.

Aprendendo vinho

Como assim nem todo vinho é vegano? Mesmo se o vinho é elaborado a partir de uma fruta, a uva, durante o processo de vinificação, especialmente na clarificação e na filtração, alguns ingredientes de origem animal podem ser utilizados. Para dar um aspecto brilhante e cristalino ao vinho, há séculos os monges europeus usavam claras de ovos. Ainda hoje essas claras são utilizadas. Hoje outras práticas utilizam agentes de clarificação, como a caseína (proteína do leite) ou a albumina (proteína do ovo), que serve também para amaciar o tanino do vinho. Além disso, muitos vinhos utilizam gelatina de origem animal para retirar os sedimentos que podem ficar no fundo da garrafa. O mercado do vinho vegano está em expansão na Europa. Não confundir com vinho Nature, orgânico ou biodinâmico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar