Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Coluna Lia Dinorah

Por Lia Dinorah 11/06/2022 12h09

JP NEWS

Tem um ditado que diz, falem mal, mas falem de mim, e o mesmo está sendo a alegria de um ex-presidente da República, pois vem sendo citado frequentemente nos jornais da JP News. Os comentaristas dizem claramente o seu nome e outros o nominam de ex-presidiário, que na realidade ele é. Como um dos jornalistas mais antigos do país, Gilberto Amaral, acha que estão mostrando ele de forma exagerada para um público que está dentro de um conceito como reza o ditado acima. É a opinião de 70 anos de jornalismo, ainda ativo nesta coluna.

Nome no colete

Já que o assunto é sobre a eleição que será realizada em outubro, mas que no andar da carruagem pode ser que não aconteça devido ao comportamento de um certo poder, está no bolso do colete dos dirigentes partidários um nome para o governo do Distrito Federal: Pedro Parente. Lembrando Ibrahim Sued, “em sociedade tudo se sabe”.

Trabalho inútil

Fico pensando nas andanças do representante do Paraná, Álvaro Dias, para solicitar aos seus colegas apoio para seu coestaduano Edson Fachin para a Suprema Corte do país. Coube a nós acompanhar de perto a transferência do Supremo, antes da inauguração de Brasília. A Suprema Corte, que pouco ou quase nunca era citada pela imprensa, hoje quer tomar conta do país. Sinceramente o que o governo não cumpre é a desastrosa Constituição de 1988, aplicando o artigo 142, que cabe ao presidente da República proclamar como apaziguador, a ordem e o cumprimento das leis no país.

Concerto

A Embaixada da Itália será o palco, às 20h, do ‘Concerto Embaixada Verde’ dos estudantes da Orquestra e Coro do Instituto Reciclando Sons. Eles apresentarão um repertório de música italiana e brasileira. O evento estará disponível no YouTube (https://www.youtube.com/c/italyinbrazil/).

Olhar pulsante

Fotógrafo Mário Miranda coloca obras de seu acervo à venda para financiar sua recuperação após ser gravemente atropelado enquanto fotografava o cotidiano de Brasília. Ao todo serão 21 imagens impressas em papel de algodão e emolduradas em padrão fine-art. As fotos serão comercializada ao valor de R$ 1.200 em vernissage no dia 14, organizado por amigos no Unique Palace, a partir das 18h.

Troca de alianças

Em requintada cerimônia neste domingo, às 19h, na Casa Itaim, em São Paulo, Paula Cabrera da Silva Trazzi e Edmundo Lomba casam a linda Amanda com o empresário Mário Cia Junior, filho de Silvana e Mário Francisco Cia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto: New Zealand wine

Aquisição

Nova Zelândia, reputada por suas pequenas vinícolas top de linha, não para de atrair investidores estrangeiros. O Grupo Rothschild acaba de assinar acordo de compra da vinícola Akarua. A propriedade de 52 hectares, sendo 34,5 de videiras (foto acima), fica na premiada sub-região de Bannockburn, em Central Otago. O lugar, que produz 25% do Pinot Noir do país, é conhecido pelo seu Pinot encorpado, com bela acidez, taninos maduros e intensas notas de ameixa vermelha e cereja preta. A transação depende da aprovação do Overseas Investment Office, órgão controlador neozelandês. O grupo possui 24 hectares de Sauvignon Blanc (Rimapere) em Marlborough, desde 2012, além de propriedades de renome em Bordeaux, Argentina, Espanha e África do Sul.

Expansão

Les Grands Chais de France (GCF) continua seu movimento de expansão e adquire a vinícola Viña Las Niñas na região de Apalta, no Chile. Localizada no Vale de Colchagua, a propriedade foi fundada em 1997 por três famílias francesas e possui ao todo 40 hectares de vinhedos. O grupo francês que possui 68 propriedades do Norte ao Sul da França se expande também na Europa com a recente compra de duas vinícolas, Castillo de Aresan, na Espanha e Danubiana, na Hungria. GCF, fundado em 1979 por Joseph Helfrich e proprietário da marca J.P. Chenet, é o primeiro vinificador e exportador de vinhos da França.

Wine Tech

Ex-executivo da Amazon Europa, Xavier Garambois, cria com dois outros co-fundadores (Guillaume Jourdan, CEO da Vitabella e Nicolas Mendiharat, CEO do San Francisco Palate Club), a Winechain.co. A plataforma, em fase de desenvolvimento, será lançada ainda em 2022 e conta ser o primeiro site dedicado à venda de vinhos por NFT. A tecnologia token não fungível visa evitar fraudes no mercado do vinho graças ao token criptográfico único, que prova a autenticidade do vinho comprado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inovação

Depois de lançar os primeiros NFTs (token não fungível) dedicados aos Grands Crus Classés de Bordeaux na Wine Paris, a Maison Bouey Grands Crus oferece aos amantes do vinho a oportunidade de participar da campanha de vendas en primeurs 2022 no formato NFT. Em parceria com cerca de 15 châteaux, o grupo francês coloca em venda NFTs, via a plataforma Binance, permitindo a aquisição de uma caixa de 6 garrafas desses vinhos. Entre as vinícolas participantes estão, Château La Tour Carnet, Château Dauzac, Château Cantemerle, Château Pape Clément, Château Gruaud Larose, Château Lagrange, Château Peby Faugères e Château Lafaurie.








Você pode gostar