Siga o Jornal de Brasília

Histórias da Bola

Pedrão pegou pesado

Publicado

em

O Campeonato Candango da Série A-2012 estava marcado para começar em 12 de fevereiro, com seis partidas. De repente, mudaram a tabela e só houve dois jogos, um deles Capital 2 x 0 Sobradinho, no Estádio Augustinho Lima, na casa do perdedor.

Naquela tarde, a TV transmitia, para o DF, o clássico Corinthians x São Paulo, pelo Estadual-SP. Apareceram 457 pagantes e a renda, de R$ 2.285,00 só deu para conter um pouco do prejuízo com taxa de arbitragem, bilheteiros, maqueiros, etc. Pra piorar, malmente o árbitro Welison Dias apitou o início de pugna, “São Pedro abriu as torneiras do Céu” e botou a turma das arquibancadas pra correr. No ato, uns 100 se picaram pra casa, a fim de assistir o jogão paulista. O glorioso “Pedrão” estava com a mão tão pesada, que inundou até a coberta tribuna de honra.

Se chovia muito fora do campo, dentro nem se falava. Poças d´água jogavam contra os dois times e a discutidíssima bola “Trivella” era um outro zagueiro de contenção.

Já que chovia muita água, o “Leão da Serra” resolveu fazer chover, também, chutes contra o gol do Capital, que não saía de trás. Só no primeiro tempo, o seu goleiro Diego defendeu 15 bolas molhadas, escorregadias. Do lado da pista, o treinador Marcos Soares gritava, ensopado, mais parecendo uma galinha molhada.

Encerrado o primeiro tempo, os jogadores do Capital preferiram ficar no banco dos reservas, se aquecendo, pois o local tinha cobertura. Os titulares foram, com o técnico Mozair Barbosa, para o vestiário. Como hão haviam levado toalhas e nem o segundo uniforme, voltaram pesadões para a etapa final.

O Sobradinho, que passara todo primeiro tempo tentando o gol, voltou mais preocupado com as nuvens negras que cobriam o estádio. Em dois minutos (aos 4 e aos 6), Luiz Paulo e Kaká morderam o “Leão”. Com os inesperados 2 x 0, Moazir voltou a colocar o seu time na retranca, para espanar bolas para onde pudesse. Dali por diante, a torcida só se divertiu quando o árbitro escorregou em uma poça de lama e caiu de bumbum no chão, fazendo quem ficou no estádio rir muito.

Quem eram? SOBRADINHO: Osmair; Clein, Miltão, Everson e Kaká; Augusto (Kiki), Coquinho, David (Felipe) e Clécio; Franciscatti (Igor) e Edicarlos. CAPITAL: Diego; Tarcísio, Márcio Costa, Cláudio e Felipinho (Anderson); Leandro Paraíba, Igor (Wallacy), Guel e Michel (Gustavo Coelho); Fernando e Luiz Paulo.


Você pode gostar
Publicidade