Siga o Jornal de Brasília

Histórias da Bola

Fogo vermelho

Publicado

em

O “Jacaré”, que havia mordido forte, sendo o campeão candango-2008, com 30 pontos, em 14 jogos – 9 vitórias, 3 empates e duas escorregadas –, ficou na dele, só espiando Dom Pedro II e Ceilândia brigarem pelo vice, na última rodada, em 20 de abril.

Já classificados ao Brasileirão da Série C-2009, os dois times foram para estádios diferentes, para, além do vice, disputarem a vaga à Copa do Brasil da temporada seguinte. Teoricamente, o Dom Pedro, o time do Corpo de Bombeiros-DF, teria mais chances de sucesso, pois pegaria pela frente o “lanterna” do campeonato, o Esportivo. Mas o Ceilândia jogaria em casa. Mesmo com o Brazlândia sendo um time chato, o “Gato” tinha tudo para arrnhar.

Rola a bola na tarde daquele domingão e, no Estádio Antônio Ottoni, no Guará, o Dom Pedro cumpriu com a sua obrigação, mandando 2 x 0, com Michel abrindo o placar no primeiro minuto da contenda. E fechou a conta, aos 29 do segundo tempo. De quebra, ultrapassou Dimba, do Brasiliense (8 gols) e tornou-se o principal “matador” da temporada, com 9 pipocadas no filó.

Em 14 jogos, o Dom Pedro somou 26 pontos, vencendo 7 jogos, empatando 5 e perdendo dois. Marcou 19 e sofreu 11 gols – Osmair; Gilmar, Rodrigo Mello, Ivisson (Jadir) e Fábio; Zé Ricarte, Ferrugem, Rodrigo Alves e Mazinho Brasília; Michel e Índio (Luciano), foi o time vice, treinado por José Lopes Risada. O Esportivo alinhou: Pedro; Valmir, Elton, Márcio Paraíba (Camilo) e Robson Pirapora; Rodolfo, Andreé (Waganer), Gleison e Simão (Jadson); Dudu Mineiro e Gustavo Lopes, dirigido por Wilson Moreira.

De sua parte, o Ceilândia pisou na bola, perdendo, em casa, no Abadião, por 1 x 2, ante o Brazlândia. Mas não fora por falta de aviso, pois, na rodada anterior, aquele mandara 4 x 1 no Dom Pedro, no estádio da Metropolitana. Welton marcou primeiro, para o Brazlândia, aos 44 da fase inicial. Edicarlos aumentou, aos 36 do segundo tempo, para Cassius descontar, um minuto depois.

A escorregada deixou o “Gato”, em terceiro lugar, com 24 pontos, provenientes de 7 vitorias, 3 empates e 4 derrotas, marcando 24 e sofrendo 20 tentos – Rodolfo; Thompson, Adriano, Panda, e Bobby; Iron (Cassius), Carlos Lima, Ricardo Silva e Diego Macedo; Rodrigo Félix e Rodrigo (Diego) foi o alvinegro ceilandense, treinado por Valter Gomes. O Brazlândia, sob o comando de Sílvio de Jesus, teve: Júlio; Fabrício, Renato, Piu e Magrão; Augusto, Welson Daniel e Aquiles (Oberdan); Dida, (Edicarlos) e Fernando (Liuson).

Se sobrou emoções na última rodada do Candangão-2008, faltou gente passando pelas bilheterias. Esportivo 0 x 2 Dom Pedro, teve 63 pagantes e rendeu R$ 315,00, enquanto Ceilândia 1 x 2 Brazlândia foi testemunhado por 153 torcedores que pagaram R$ 765,00.

Do quarto ao oitavo lugar do Candango-2008 da Série A, a classificação foi: Gama 22 pontos (6 V, 4 E, 4 D, 24 GP e 16 GC); Brazlândia, 22; Legião, 20; Unaí-MG, 6, e Esportivo, 5 pontos. Os dois últimos foram rebaixados.~;


Você pode gostar
Publicidade