fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Reta final: Operação Drácon caminha na Justiça com depoimentos

Dentre os investigados, estão o atual secretário de Relações Parlamentares, Bispo Renato Andrade, e a atual deputada federal Celina Leão (PP)

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Testemunhas do caso da Operação Drácon, que investigou supostas irregularidades cometidas por cinco deputados distritais em 2015 e 2016, prestaram depoimento ontem na 8ª Vara Criminal de Brasília.

O processo tem caminhado de forma sigilosa, mas há informações de que as audiências com os réus ainda devem acontecer. Dentre os investigados, estão o atual secretário de Relações Parlamentares, Bispo Renato Andrade, e a atual deputada federal Celina Leão (PP).

Uma fonte presente no tribunal e que está a par do processo confirmou à coluna a informação de que  o processo da Drácon estaria caminhando. Ao ser questionado, foi direto: “ontem só foram as testemunhas”.

Em 2016 a Gaeco, vinculado ao Ministério local (MPDFT), em conjunto com a Polícia Civil do DF, cumpriram mandados de busca e apreensão para averiguar suposto recebimento de propina em troca do direcionamento de recursos, oriundos de emendas parlamentares, para empresas responsáveis pela manutenção de escolas públicas e também companhias prestadoras de serviço de fornecimento de leitos de UTI.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade