Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Briga por atribuições esquenta clima entre secretários do Buriti

É inegável, no entanto, que o fogo amigo diminuiu. Mas ainda há inimizades que perduram

Avatar

Publicado

em

Foto: Myke Sena/Cedoc/Jornal de Brasília.
PUBLICIDADE

Poder central I

Secretários de destaque no Buriti brigam internamente para não abrirem mão de certas atribuições por entenderem que perderiam poder. Há funções estritamente burocráticas que acabam sendo efetivadas por diversas pastas, mas o conflito é pela última assinatura do papel. É inegável, no entanto, que o fogo amigo diminuiu. Mas ainda há inimizades que perduram.

Poder central II

O controle é tão grande que alguns dos secretários evitam delegar funções e atribuições importantes até aos subsecretários por entenderem que perderiam força com tal atitude. A rigidez com os subordinados chega ao controle das agendas dos funcionários, ou seja, com quem estão se encontrando. É nítido que todo esse processo de centralidade engessa a máquina já lenta do GDF.

Ponto final.

Na próxima reunião de líderes, que acontece na segunda (28), o presidente do Legislativo local, Rafael Prudente (MDB/foto), deve fazer um apelo aos colegas para que aumentem a participação feminina na composição da CPI do Feminicídio. O problema criado por atuação do Executivo tem incomodado o comando da Casa que deve dar o último prazo aos distritais antes da publicação do colegiado.

Tempo de diálogo

Há uma expectativa de técnicos e parlamentares da Câmara Legislativa de que o Refis, previsto para 2020, seja enviado pelo poder vizinho ainda neste ano. A chegada da alteração legal aumentaria o tempo de debates e forneceria ao governo a possibilidade de defender a “agressividade” prometida do texto.

Respeitando o regimento

Ao iniciar os trabalhos da Comissão de Fiscalização e Controle ontem, a distrital Jaqueline Silva (PTB) pediu seu afastamento temporário da presidência do colegiado em respeito ao artigo 46, parágrafo único, do regimento interno. A norma impede o acúmulo de funções estratégicas na Camara Legislativa. O impedimento havia sido alertado por esta coluna, depois que a deputada assumiu momentaneamente a 3ª secretaria da Casa.

Cruzeiro Velho

Com previsão de mudanças na iluminação pública, a administração do Cruzeiro procura revitalizar vários ambientes de lazer da região. As condições dos passeios públicos entre as quadras 10 e 12, por exemplo, devem melhorar com reforma das calçadas do local que passarão a fornecer uma acessibilidade maior.

Axé ao viajante

Em Macau, na China, o vice-presidente da CLDF, Rodrigo Delmasso (Republicanos/foto), assinou um protocolo de Intenções entre a Casa legislativa e a Câmara de Desenvolvimento e Negócios Brasil-China. Aproveitou e apresentou a investidores chineses seu projeto na área de mobilidade, de instalação de monotrilhos que ligariam o Plano Piloto às cidades satélites.


Você pode gostar
Publicidade