fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Bastidores da reeleição agitaram os corredores da CLDF

O experiente Agaciel Maia justificou que mudou de ideia pelo coletivo, mas nos bastidores corre que a decisão final teve grande influência de José Sarney

Lucas Valença

Publicado

em

PUBLICIDADE

De olho nos votos I

De forma inesperada, foi aprovada a emenda que permite a reeleição da presidência do Legislativo. As maiores discussões começaram na semana passada, mas dois votos favoráveis chamaram a atenção de quem acompanhava a casa ontem: Agaciel Maia (PL/foto) e Leandro Grass (Rede).

De olho nos votos II

Entrevista Agaciel Maia. Foto: Myke Sena/JBr/Cedoc

O voto de Grass foi contra o que prega o partido e causou estranhamento entre os integrantes da oposição. Já o experiente Agaciel Maia justificou que mudou de ideia pelo coletivo, mas nos bastidores corre que a decisão final teve grande influência do antigo mentor, o ex-presidente José Sarney.

De olho nos votos III

De olho também na presidência do Legislativo, o vice-presidente da CLDF, distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos), chegou a ser convencido pelo partido a votar em favor do projeto que beneficia o presidente Rafael Prudente (MDB). Alguns cargos foram usados pelo governo para garantir alguns dos apoios necessários.

Rodas de conversa

Diversos grupos de trabalho devem ser criados pela área de planejamento estratégico, interna à secretaria de Economia, para debater diversos temas econômicos. O primeiro a ser criado na próxima semana será o que debaterá as soluções para o desenvolvimento do setor de tecnologia no médio e longo prazo. Farão parte do grupo representantes do próprio governo, academia, sociedade e setor produtivo.

Tecnologia + indústria

O grupo da indústria virá logo depois e deve focar no debate em torno da indústria 4.0, ou seja, focado mais na tecnologia. No empresariado, há o entendimento de que Brasília já perdeu o timing da indústria primitiva e de bens manufaturados. Por essa razão, o GDF deve focar num modelo mais atual. Neste contexto, o Biotic entra como peça fundamental.

Móveis sob suspeita

A representação feita pela distrital Júlia Lucy (Novo), contra um suposto sobrepreço em compras pelo IGES-DF, foi acatada ontem pelo Tribunal de Contas local e deve animar os debates entre os conselheiros. O Instituto agora terá 15 dias para apresentar a defesa. Estão sob suspeita o processo de cotação de mil cadeiras adquiridas pelo preço de R$ 1.660,00.

Câmara de olho na infância

Pela primeira vez, o Congresso Nacional terá uma comissão dedicada exclusivamente aos primeiros anos de vida dos brasileiros. A primeira reunião da Comissão Externa de Políticas Públicas para a Primeira Infância será realizada hoje, às 15h. A coordenadora dos trabalhos é a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF), que idealizou a iniciativa.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade