fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Conta Giros

Lucas Foresti ganha etapa de Goiânia da Império Endurance Brasil

A bordo de sua Mclaren 570s, o piloto brasiliense faturou a prova em Goiânia. Conheça mais sobre a categoria.

Aurélio Araújo

Publicado

em

PUBLICIDADE

Há pouco tempo, escrevi sobre Lucas Foresti que, junto com Nelsinho Piquet, representa nossa cidade na Stock Car, maior categoria do automobilismo brasileiro. O que me passou despercebido, foi que o Lucas também está nos representando na Império Endurance Brasil. Talvez você não conheça a categoria, mas ela vem chamando atenção.

Com cerca de 40 carros no grid, e aqui vale apontar que estamos falando de verdadeiros representantes do Gran Turismo, como Porsche, McLaren, Ferrari, Mercedes e Aston-Martin, entre outros, a categoria ganhou espaço e sua provas são, atualmente, transmitidas pelo canal SporTV, mas foi com transmissões ao vivo pelo Youtube que se popularizou. 

A competição é gerenciada pela APE (Associação dos Pilotos de Endurance) e o mais interessante é que, além dos itens de segurança, o controle dos carros se dá apenas pelo peso e cilindrada de cada máquina. Isso é, para mim, um retorno às raízes do automobilismo, além de sair do engessamento comum dos campeonatos mais tradicionais, cheios de controles, padronizações e regulamentos para os carros.

Equipe Autolog Racing comemora o primeiro lugar na etapa de Goiânia da GT4. Foto: Rodrigo Ruiz.

Vou fazer um breve resumo, para você entender melhor como um grid com 40 carros ao mesmo tempo e oito categorias funciona. Quem acompanha Le Mans e o WEC (World Endurance) já está acostumado com diversas categorias nas pistas, mas aqui no Brasil isso não é comum. Então vamos lá… São suas divisões iniciais: quatro categorias de protótipos e quatro de GT (Gran Turismo). Entre os protótipos temos: P1, P2, P3 e P4. Entre a GT temos: GT3, GT3 Light, GT4 e GT4 Light. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lucas Foresti (centro) e Flávio Abrunhoza (direita) conquistam o podium da categoria GT4. Foto: Rodrigo Ruiz.

E é na GT4 que o nosso Lucas Foresti pilota sua McLaren 570s preparada pela equipe Autolog Racing. Falei com o Lucas, que está em Curitiba se preparando para etapa deste fim de semana da Stock Car Brasil, e ele está animado com a competição. Na etapa de Goiânia, sua equipe ficou em quarto lugar geral e faturou o primeiro na GT4, ao lado de seu companheiro de equipe Flávio Abrunhoza.

Mas essa não foi apenas uma vitória da Autolog Racing. A corrida representou a primeira vitória da McLaren no campeonato e , tudo isso, já na terceira prova. Segundo Lucas, “o carro é muito fácil de guiar, tem bastante controle de tração. Para guiar na chuva o carro é muito fácil, mas no seco ainda estamos aprendendo”.

O GT4 é uma versão de rua adaptado para as pistas com itens de segurança, sistema de freios, pneus e suspensão. O motor turbo da McLaren tem mais de 500 cavalos de potência e parece ter se adaptado bem à competição. 

Parabéns Lucas, mais uma para a conta!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade