Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

PSDB gastou R$ 10 milhões em prévias que avalizaram Doria

Por Leandro Mazzini 24/05/2022 10h15
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Antes de “jogar a toalha” e desistir da corrida presidencial, João Doria implorou – como última cartada – por apoio de uma ala do partido para judicializar as prévias e tentar manter sua candidatura. 

O ex-governador paulista disputou internamente com Eduardo Leite (RS) e o ex-senador Arthur Virgílio (AM) em novembro do ano passado. Venceu com 53,99% dos votos. Grão-tucanos, no entanto, avaliaram que, se as prévias fossem judicializadas, o partido ficaria mais enfraquecido e decidiram abandonar Doria.   

Sem Doria, Eduardo Leite ou outro nome para disputar a Presidência – pela primeira vez desde a fundação do partido -, o PSDB amarga prejuízo de mais de R$ 10 milhões que foram gastos com as prévias. 

Apesar dos afagos da pré-candidata Simone Tebet (MDB) a Doria, nem tudo está pacificado entre MDB e PSDB. O deputado Aécio Neves (PSDB-MG), o ex-governador Marconi Perillo (PSDB-GO) e caciques emedebistas criticam a eventual aliança.








Você pode gostar