Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Empresário da construção civil, Wendel Miranda, já tocou em bandas de axé famosas

Durante 7 anos, o empresário foi contrabaixista de bandas como Pagodart e Selakuatro

Por Bruninho Afonso 05/07/2022 8h48

Wendel Miranda é dono do Grupo WM, uma das maiores empreiteiras do país. Mas o que pouca gente sabe, que ele já fez de tudo um pouco na vida antes de ser um empresário famoso, inclusive, tocou contrabaixo em diversas bandas de axé famosas de Salvador.

Aos sete anos, ele sonhava em ser cobrador de ônibus e chegou a realizar esse sonho. Depois veio a fase do ‘quero ser jogador de futebol’, mas não tinha muito talento com a bola. Trabalhou como segurança, motorista de aplicativos e muitas coisas mais até virar o grande empresário que é hoje.

Mas dos 17 aos 24 anos, ele foi contrabaixista de diversas bandas de axé na Bahia. Tocou no Pagodart, Selakuatro e outras bandas mais. Mas sua fase musical durou pouco. Ele cresceu, casou e precisava pagar as contas.

Entrou então para a área da construção civil. Foi ajudante de pedreiro, mestre de obras, supervisor, coordenador e perdeu tudo o que tinha quando a Operação Lava Jato fechou as principais empreiteiras do país.

Voltou a ser motorista de aplicativo e criou uma empresa só no papel. Fez folder, tirou CNPJ e tudo mais, mas não tinha dinheiro para fazer mais nada.

Sua esposa fez bicos para lhe ajudar a abrir o primeiro escritório, depois que um de seus passageiros lhe fez uma proposta irrecusável: concorrer a uma licitação na empresa que trabalhava.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tudo foi dando certo aos poucos. Abriu o escritório, ganhou a licitação, contratou a mão de obra e foi crescendo. Firmou seu nome em seu Estado e começava a se tornar um empreiteiro respeitado por lá.

Durante a pandemia, enquanto muitas empresas fechavam as portas, Wendel fechou grandes negócios. A empresa cresceu e hoje é um grupo, o Grupo WM. Ele emprega diretamente mais de 150 funcionários e tem filiais em vários estados do Brasil.








Você pode gostar