Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

CONHEÇA GIOVANNA, CANTORA POP QUE LANÇA DOIS SINGLES ESTA SEMANA

Por Bruninho Afonso 27/01/2022 8h22

Giovanna, uma das promessas do pop brasileiro, lança nesta sexta-feira, dia 28 de janeiro, dois singles: “Jogo” e “Sem Noção”, acompanhados de visualizers. Formada em Finanças pela University of Tampa, na Florida, EUA, onde também trabalhava em um grande banco, ela largou seis anos de sua vida no exterior para voltar ao Brasil e se dedicar integralmente à carreira que sonha desde criança. Cantora, compositora e dançarina, a dona de mais de 2 milhões de views no YouTube e 1,2 milhões de curtidas no TikTok gosta de escrever sobre suas experiências na vida e, com isso, traz em suas novas músicas estágios diferentes de uma relação amorosa.

“’Jogo’ é o estágio da raiva, que você vê que foi enganada. Já ‘Sem Noção’ é o estágio da diversão, uma coisa mais leve, aquela fase que você sabe que está fazendo besteira, mas está lá pra se divertir”, explica Giovanna sobre os novos singles.

Dona de uma voz delicada e potente, a artista reúne em seus trabalhos batidas dançantes e baladas românticas. E é exatamente isso que ela mostra em seus novos lançamentos. “Jogo” foi uma das primeiras músicas que Giovanna compôs sozinha, em um momento difícil que ela estava passando em um relacionamento e, por isso, é uma música mais calma. Já “Sem Noção” foi uma música que ela sempre quis fazer, uma forma descontraída e divertida de lidar com aquele relacionamento que a pessoa sabe que não vai dar certo, mas continua ali.

“Eu gosto de ter um balanço, quero que as pessoas se divirtam, dancem e esqueçam dos problemas. Mas também gosto de trazer músicas mais românticas falando sobre relacionamento. Quero fazer com que as pessoas se sintam abraçadas, assim como me sinto ouvindo as músicas de meus artistas favoritos”, diz ela, que garante ter muitas ideias sobre as letras enquanto está dirigindo.

Tendo como inspiração Beyoncé, Shakira, Jennifer Lopez, Anitta e Ivete Sangalo, Giovanna preza pela dança e pela versatilidade em suas músicas, videoclipes e coreografias. Para ela, que faz aula de stiletto há quatro anos, a dança é parte essencial do seu trabalho. “Faz parte de mim, sempre gostei muito de dançar. É uma forma que uso pra me expressar. Cantar sem dançar não seria eu como artista”, enfatiza.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Muito ligada em estilo e moda, Giovanna está preparando novidades lindas para esses lançamentos. Segundo o stylist Arthur Ribeiro, ela aposta em uma energia glam e artística, sem deixar de lado o romantismo, que também é sua marca. Já o fotógrafo Paul Pex, acostumado a clicar grandes artistas, é só elogios para a cantora: “Giovanna é uma artista que se entrega na proposta e confia nos profissionais com quem trabalha. Dirigir ela foi leve e assertivo”.

Nos dois novos singles, Giovanna pretende mostrar para o público toda sua evolução artística. Em 2020, a paulista lançou seu primeiro EP homônimo com quatro faixas que reúnem elementos de pop, funk, música latina e algumas batidas eletrônicas, todos com clipes super produzidos. Na sequência, em 2021, a música “A2”, acompanhada de um clipe repleto de sensualidade, definiu a transição da sua carreira para uma fase mais ousada.

“Acho que todo artista vai evoluindo e quer trazer novidades para o público. Amo tudo o que fiz até hoje, mas tenho muitas ideias novas para colocar em prática na minha música e carreira. Quero trazer essas mudanças e amadurecimento para a minha música também”, promete Giovanna.

Entrevista Exclusiva Giovanna: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bruninho Afonso: Como você começou a cantar profissionalmente? Quando notou que queria levar isso para outro nível?

Giovanna: Desde criança eu quis ser cantora, sempre foi meu sonho. Mas ninguém na minha família tinha ligação com a indústria musical. Conforme fui crescendo, comecei a fazer aula de canto e dança, tentando me preparar caso se um dia a oportunidade aparecesse. Nesse meio tempo, fui morar fora do país para estudar e acabei fazendo faculdade na Flórida e morei lá durante 5 anos e trabalhei lá por um ano. E decidir voltar para o Brasil para seguir o meu sonho foi uma decisão muito bem pensada e planejada. Então eu larguei toda a vida que eu tinha lá para fazer o que eu sempre quis. Eu falei: “Se eu não tentar agora, eu não vou tentar nunca mais, é agora ou nunca”. Tive muita sorte que quando eu voltei para o Brasil eu conheci pessoas muito boas do meio musical, profissionais muito talentosos que têm me ajudado nessa caminhada.

Bruninho Afonso: Suas novas músicas falam de estágios diferentes de uma relação amorosa. Você gosta de escrever sobre relacionamentos? São experiências pessoais?

Giovanna: Sim, eu gosto de escrever sobre relacionamentos. Eu sempre brincava que Deus colocava uns boys lixos na minha vida para servir de inspiração para escrever música e realmente serviu. Essas músicas são sim experiências que eu passei e eu gosto de escrever sobre relacionamentos por isso: eu me sinto mais conectada com o que eu estou cantando, foram coisas que eu passei, que eu sei o que senti no momento e por isso posso passar essa emoção enquanto estou cantando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bruninho Afonso: Quais são suas maiores influências e por que?

Giovanna: As minhas maiores influências são: Beyoncé, Shakira, Jennifer Lopez… E brasileiras eu sou muito fã da Anitta e da Ivete Sangalo. Elas são minhas maiores influências, eu sempre amei música pop mais do que tudo, desde criança eu ouço… Lembro que via as Spice Girls com 4 anos e eu nem sabia o que elas estavam cantando, mas aquilo já me encantava muito e nunca parei de ouvir. Elas são muito dedicadas ao que fazem e que realmente dão o sangue, estudam, são ótimas cantoras, ótimas dançarinas…Isso é uma influência muito grande para mim, é uma coisa que eu sempre tento seguir: estão sempre estudando canto, dança e dando o meu meu melhor e sempre colocar todo meu corpo e alma no que eu estou fazendo, como eu vejo que elas fazem.

Bruninho Afonso: O que você tenta passar para os fãs em suas composições?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Giovanna: Eu tento passar um pouco de conforto, vamos dizer assim. O que eu mais gosto quando eu ouço músicas, por exemplo, que não são minhas é sentir que a pessoa está falando exatamente o que eu passei, que alguém já passou por isso e que tem solução, que eu vou ficar bem. É isso que eu quero passar isso: um pouco de conforto, também permitir que as pessoas sintam, se emocionarem e além disso acho que se divertiram, dançaram… Acho  que é o que a música pop mais traz: essa felicidade de “vamos dançar, vamos nos divertir”. É um pouco desses sentimentos que eu quero passar para os meus fãs.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bruninho Afonso: Quais serão seus próximos projetos?

Giovanna: Quero fazer muita música. Fiquei um tempo parada durante a pandemia, como todos os artistas. Agora que as coisas estão voltando ao normal, quero trabalhar muito e lançar bastante música legal para vocês!

FICHA TÉCNICA

“Jogo”

Composição: Giovanna e C. Lemos

Produção: Arteomnes

Produção musical: Daniel Musy, Guto Dufrayer e Rogério Vaz

Coprodução: Anderson Nem

Mixagem: Daniel Musy

Masters: Red Traxx Mastering Miami – FL – USA por Felipe Tichauer

Direção do visualizer: Paul Pex

Coprodução do visualizer: Bob Perez

Gravado em: Mucho Thanks Studios (RJ) por Daniel Musy e Guto Dufrayer

Teclados e programações: Anderson Nem

“Sem Noção”

Composição: Joey Mattos, Giovanna e C. Lemos

Produção: Arteomnes

Produção musical: Daniel Musy, Guto Dufrayer e Rogério Vaz

Coprodução: Anderson Nem

Mixagem: Daniel Musy

Masters: Red Traxx Mastering Miami – FL – USA por Felipe Tichauer

Direção do visualizer: Paul Pex

Coprodução do visualizer: Bob Perez

Gravado em: Mucho Thanks Studios (RJ) por Daniel Musy e Guto Dufrayer

Teclados e programações: Anderson Nem

Fotografia: Paul Pex

Stylist: Arthur Ribeiro

Beauty: Vicente Lujan








Você pode gostar