Analice Nicolau

Suzy Cortez desabafa, “Sou julgada e condenada por ser gostosa”; A musa contratou uma equipe jurídica para rebater ataques

Eu queria saber que tribunal é esse que já me julgou e condenou só por ser gostosa, desabafa Suzy Cortez

Por Analice Nicolau 07/04/2021 4h30
Suzy Cortez Suzy Cortez. Foto: Divulgação

Pioneira em conteúdo adulto no OnlyFans no Brasil, Suzy Cortez desabafa sobre preconceitos e perseguições pelo seu porte físico. “Minha vida inteira eu sofri preconceito e acho que muitas mulheres estão na mesma posição que a minha. Se treino, só penso em músculo, se estudo não vou conseguir (…) Poucos sabem mas sou formada em direito. Eu queria saber que tribunal é esse que já me julgou e condenou só por ser gostosa. Qual o problema? Hoje consigo lidar melhor com isso, faço terapia e contratei uma assessoria jurídica pronta para contra-atacar!”, desabafou.

Campeã de acessos na plataforma, a musa comemorou o índice de 6% de gordura corporal. “Bati minha meta, cheguei aos 6% de gordura corporal e com saúde! Estou tendo acompanhamento de nutrólogo e personal, treino diariamente e sou muito regrada. Para chegar nesse índice tive que abrir mão de muita coisa e mudar radicalmente meus hábitos. Mas quando você tem um objetivo na vida tem que se jogar mesmo, sempre fui à luta, venci meus medos e preconceitos , e não me arrependo de nada .Quem um dia me criticou hoje eu vejo como fã!”, disse a modelo.

Suzy Cortez. Foto: Divulgação
Suzy Cortez. Foto: Divulgação

Em março, Suzy anunciou que pretende lançar uma boneca inflável inspirada em seu corpo. Ela contou que está negociando com uma fábrica chinesa e pretende que a boneca seja uma réplica perfeita do seu bumbum.

“Já estou negociando com uma fábrica chinesa e em breve já tenho o protótipo. Pedi para reproduzirem o bumbum em detalhes, já que é a parte do meu corpo que mais gosto. Se tudo der certo lanço minha boneca inflável no início de 2022″, anunciou Suzy.

Suzy Cortez. Foto: Divulgação
Suzy Cortez. Foto: Divulgação
Suzy Cortez. Foto: Divulgação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar