Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Analice Nicolau

Previsões para o mercado imobiliário e imóveis futurísticos, best seller de Marcus Araujo chega a 4º edição

CEO e fundador da Datastore, empresa que há 26 anos atua com pesquisas no mercado imobiliário, Marcus usou a experiência para retratar os novos cenários imobiliários, como, o uso de apenas m3 (metros cúbicos) no quarto milênio, em um cenário já futurista

Por Analice Nicolau 13/04/2021 11h07
Marcus Araujo

São 304 páginas de uma escrita intensa, futurística e real. “Meu Imóvel, Meu Mundo”, livro de estreia de Marcus Araujo, que em 2021 já está na 4ª edição, retrata uma revolução no cenário imobiliário, assim como o novo perfil dos compradores. Com mais de 8 mil cópias vendidas, o mago do imobiliário faz previsões dos imóveis do futuro.

Além de retratar as moradias desde 70.000 a.C. até os imóveis do final do século XXI, as “previsões” certeiras sobre o futuro dos imóveis pelo mago do imobiliário, como é conhecido nas redes sociais, são cheias de detalhes e critérios.

“O topo do comprador fica com aquele jovem que busca investir em imóveis; O segundo, o casal sem filhos; O terceiro, base do mercado imobiliário, fica com o casal com um filho; Depois, em quarto lugar, o casal com pet; O quinto é o casal LGBTQIA+;Em sexto, são os casais da terceira idade sem netos e por último, o solteiro convicto, que nada mais é aquele que não procura relacionamento”, comentou.

CEO e fundador da Datastore, empresa que há 26 anos atua com pesquisas no mercado imobiliário, Marcus usou a experiência para retratar os novos cenários imobiliários, como, o uso de apenas m3 (metros cúbicos) no quarto milênio, em um cenário já futurista.

A pandemia do coronavírus também mudou o comportamento dessas pessoas. Um dos ambientes que tem ganhado destaque é o lavado. “O lavabo é o ambiente mais estratégico durante a pandemia e quando o imóvel é bem planejado, ele pode ser um diferencial. As pessoas chegam da rua e querem logo se descontaminar e o ambiente não pode ser longe da entrada”, comentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Hoje, a família é composta por 3,5 membros, ou seja, uma média de 3 pessoas. Em 2054, a previsão é que ela seja composta por 1,9. As pessoas vão deixando de ter relacionamentos, filhos, família. E essa é uma realidade que nós já percebemos em outros países”, contou.

“Quando escrevi o livro, entre 2018 e 2019, além de muitas pesquisas, quis responder questões que são de extrema relevância para minha realidade. Passei vários dias sem dormir, pois esse trabalho, que escrevo para todos os públicos, é rico em informação, dados, reflexões e previsões. Todas as minhas palavras são reais e autorais, e baseado no que conheço, das pesquisas e das minhas crenças, idealizei uma nova visão do cenário imobiliário”.

O último capítulo do livro, que contém 12, conta a história futurística com uma ficção surpreendente. A alegoria que traz o planeta Terra, em nada parecido com o que temos hoje, bem mais adensada e um cenário curioso para imóveis em um mercado imobiliário futurista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Um livro incrível, recheado de reflexões que só um mago do setor seria capaz de colocar no papel.” Alexandre Lafer Frankel é Chairman na Vitacon e CEO da Housi. O livro vem com apresentação de Augusto Cury, psiquiatra e autor publicado em mais de 70 países, comentário de Romeu Chap Chap, que durante 60 anos protagonizou o mercado imobiliário brasileiro e prefácio de Alexandre Lafer Frankel.






Você pode gostar