Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Empreendedor fatura mais de 8 milhões com estúdio de micropigmentação internacional

Tulio Cotta pretende lucrar R$3 milhões ainda em 2022, com seus dois estúdios, um no Brasil e outro em Portugal, e prevê o lançamento de novas técnicas

Por Analice Nicolau 24/06/2022 1h00
Tulio Cotta pretende lucrar R$3 milhões ainda em 2022, com seus dois estúdios, um no Brasil e outro em Portugal, e prevê o lançamento de novas técnicas

De acordo com um levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), houve um crescimento de 5,7% no primeiro quadrimestre de 2022 relacionado ao setor de estética.

Tendo em vista esses números positivos, Tulio Cotta decidiu criar o seu espaço voltado à micropigmentação, o Estúdio Tulio Cotta, há oito anos, e intensificou sua frente principalmente durante a pandemia. O empreendedor conta que teve a ideia após levar sua namorada para realizar o procedimento, quando viu a oportunidade de criar seu negócio e pivotar o método.

“Conheci esse mundo por acaso. Minha curiosidade me levou a saber de quanto as mulheres pagavam por apenas um procedimento, e ali vi que eu poderia fazer isso também. No dia seguinte, fui atrás de um curso sobre e sigo nessa área há oito anos”, comenta Tulio.

O empreendedor conta hoje com dois estúdios, sendo um no Brasil e outro em Portugal. A abertura desse novo espaço fora do país, aconteceu devido ao sucesso e pioneirismo com a técnica de micropigmentação fio a fio. Hoje, Cotta mais uma vez é precursor neste mercado. Ele, em conjunto com especialistas, desenvolveu uma técnica para despigmentação, que pode ser aplicada em intervalos menores, a cada 10 dias.

Sua ascensão reflete seus números durante essa jornada. O empreendedor faturou mais de R$ 8 milhões, e para este ano, tem a estimativa de faturar R$ 3 milhões, ensinando suas técnicas para mais de 10 mil alunos.

“Investi tudo o que eu tinha nesse negócio, e ver os resultados chegando é gratificante. Decidi que poderia ensinar tudo o que eu aprendi para outras pessoas, e durante a pandemia resolvi levar esses métodos para o digital, onde recebi a placa da plataforma Hotmart como mérito ao atingir a marca de mais de R$ 1 milhão vendidos”, conclui Tulio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Brasil, poucos profissionais detêm linhas registradas pela Anvisa. Recentemente, Cotta obteve a certificação de registro dos produtos na União Europeia e busca a aprovação de outros. Para o futuro, o profissional pretende lançar no mercado uma técnica capilar voltada a pessoas com problemas de calvície.








Você pode gostar