Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

A comédia ‘Homens no Divã’ desembarca pela segunda vez no Teatro Fernando Torres, em São Paulo

O elenco reúne os atores Olivetti Herrera e Guilherme Chelucci, ao lado do também idealizador e diretor geral do projeto Darson Ribeiro

Por Analice Nicolau 19/01/2022 9h00
O elenco reúne os atores Olivetti Herrera e Guilherme Chelucci, ao lado do também idealizador e diretor geral do projeto Darson Ribeiro

O encontro inesperado de três homens na antessala do consultório de psicanálise da Dra. Maczka (voz de Marília Gabriela) é o ponto de partida para mudanças radicais na vida do bombeiro Renatão (Chelucci), do ginecologista Cadú (Herrera) e de Fred, gerente executivo da Eletropaulo (Ribeiro).

Para tratar as dificuldades com suas respectivas mulheres, além de muita força de vontade, os três constatam que só mesmo a terapia. A amizade, iniciada inusitadamente pelo divã, inicia-se desconfiada, mas, aos poucos, vai descontraindo-se por meio de conversas e situações pertinentes ao ‘homem-comum’. Sem saber, eles acabam se autoanalisando numa espécie de complemento à análise freudiana, e assim, vão em um ano, se reinventando, e progredindo.

Areestreia será no sábado, 29 de janeiro de 2022, às 20h00 no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé,na zona leste. Além de dirigir e assinar figurino, luz e cenografia, Darson Ribeiro compartilha o palco com o elenco original que o acompanha nesses nove anos, Olivetti Herrera e Guilherme Chelucci.

“Concebi uma direção ágil para brincar com assuntos difíceis à primeira vista, como traição, machismo e narcisismo, e fui além dos estereótipos. A brincadeira com os fetiches femininos é justamente para que o público absorva de cara, tais assuntos raramente expostos e discutidos, e que aqui, vêm numa forma lúdica e de fácil acesso.”, afirma, e complementa:

“A partir de pequenos solilóquios com a psicanalista (de quem só se ouve a voz) e o tête-à-tête de um com o outro, os três acabam instituindo um divã próprio, inconsciente e espontâneo, e assim, vão desconstruindo suas personalidades de homens ultrapassados, que vão melhorar e agradar não somente a eles e ao público masculino, mas, principalmente e, muito, as mulheres.”

Darson Ribeiro vive o executivo Frederico Freitas Fernandes, que enfrenta a tragédia da traição num casamento de dezoito anos. Perturbado e deslocado na nova condição de solteiro-solitáriotraído, busca a identidade perdida durante o período em que foi manipulado pela esposa. Os amigos têm papel decisivo em sua metamorfose, desde uma mudança radical no se vestir, até a ida em lugares e a situações inusitadas e engraçadas.

Guilherme Chelucci é o bombeiro sedutor Renato Paes de Barros Seabra, rústico e machista. Foi parar no divã apenas como truque para convencer a amada de “amor é amor e sexo é sexo.” 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Olivetti Herrera faz o papel do ginecologista Carlos Eduardo Carrara Travertino, um narcisista inveterado, o que o impede de perceber o mundo feminino à sua volta, principalmente da mulher que ama. A conversa entre os três o faz entrar em contato com sentimentos e emoções jamais explorados.

A produção bem cuidada resulta dos desenhos criados por Darson Ribeiro para cenário e figurinos, como a inspiração para um divã na trompa de falópios, vermelho, concebido de forma elegante e instigante na intenção de situar os três homenzarrões dentro do órgão sexual feminino. Dez persianas de madeira foram construídas especialmente para a cenografia pela Hunter Douglas/Casa Mineira.

O divã rompe as quatro paredes e as mudanças de luz ajudam a criar os vários ambientes – academia, balada, sauna, apartamento e consultório. O ritmo dinâmico da direção concebeu mais de uma dezena de trocas de roupa em 1h30 de ação.

Serviço

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Homens no Divã, comédia

Temporada: 29 de janeiro a 20 de fevereiro de 2022

Dias e horários: sábados, às 20h00 | domingos, às 19h00

Ingresso: R$ 80,00 sábados, e R$ 70,00 domingos

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Duração: 90 min.

Indicação etária 12 anos

Imprensa: Teatro-D (11) 3079-0451 |[email protected]

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar