Jornal de Brasília

Informação e Opinião

BsbTek

Primeira Escola feita com Impressora 3D será em Madagascar

A ilha de Madagascar tem vários problemas de pobreza, falta de recursos e de mão de obra qualificada, com isso uma missão que foca em levar escolas ao redor do mundo, feitas por impressoras 3D, a Thinking Huts, junto com o Studio Mortazavi, uma empresa de arquitetura de São Franscisco, estão fazendo o seu primeiro projeto no Campus da Universidade de Fianarantsoa no área central sul do país.

A Impressora vem da Hyperion Robotics, uma empresa da Finlândia que especializa em soluções 3D para concreto reforçado. As paredes são feitas de uma mistura especial de cimento, que é muito menos impactante em carbono que o concreto tradricional. As paredes e janelas serão de materiais locais. Mas o mais importante é que o tempo de execução é de menos de 1 semana. Além disso, o teto usa painéis solares para gerar energia.








Você pode gostar