Siga o Jornal de Brasília

Viva

Mariana Ximenes grava longa que tem a capital como pano de fundo

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Lúria Rezende

Especial para o Jornal de Brasília

Brasília ganhou um upgrade audiovisual e deu um salto da telinha, com a polêmica minissérie Felizes para Sempre, para a telona, com a comédia romântica Depois de Você. Estreia de direção no formato longa-metragem do brasiliense Marcus Ligocki, o filme traz a atriz Mariana Ximenes como personagem principal da trama. Completam o elenco Bruno Garcia, Sérgio Guizé, Fafi Siqueira, Miá Mello, Rosana Viegas, Helder Rodrigues, Luís Carlos Miele, entre outros.

Na cidade há quase três semanas, Mariana elogia a forma de Ligocki dirigir o longa. “O filme tem muito do olhar dele, que é cuidadoso e gentil”, comenta.

Depois de Você conta a história do reencontro de uma mulher com ela mesma. A bailarina Lúcia (Mariana Ximenes) e o político Gero (Bruno Garcia) estão juntos há 15 anos. Na festa de pré-lançamento do candidato ao governo do DF, o casal briga. Com medo, Lúcia foge para o Rio de Janeiro e se esconde em um apartamento onde passou parte da infância. Enquanto é procurada, uma antiga vizinha e seu primeiro namorado começam a mudar o rumo da sua vida.

Drama com humor

“Ela é uma mulher em busca de uma realização pessoal, que é casada há muito tempo, devota ao marido. Ele também gosta dela, mas presta mais atenção na carreira. É tudo contado com muita leveza mas, ao mesmo tempo, com humor e profundidade pelo prisma de uma mulher de trinta anos”, explica Mariana.

Para Ligocki os relacionamentos pessoais sempre o intrigaram. “A gente está em Brasília e o tema político sempre foi muito forte. Achei que seria uma boa metáfora associar as relações políticas e conjugais, além de mesclar a vida pública com a privada”, justifica o diretor. 

Ligocki ressalta que sempre admirou o talento da intérprete de Lúcia. “Quando escrevi esse roteiro, achei que a Mariana e a protagonista tinham elementos que dialogam. Sempre gostei do trabalho dela e a forma como se porta diante da mídia. É uma atriz muito talentosa, com uma imensa capacidade de entrega, além de uma busca de construção do personagem muito grande”, elogia. 

O diretor escolheu o gênero comédia romântica para estrear na direção de seu longa-metragem após 20 anos envolvido com cinema. Antes disso, ele já tinha feito mais outras quatros produções, incluindo Rock Brasília – Era de Ouro. “Fui em busca de uma abordagem engraçada para o filme mas que, ao mesmo tempo, as pessoas possam acreditar e se identificar com os personagens”, comenta o cineasta.

Confira a galeria de fotos:


Leia também
Publicidade