Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Rueda critica organização da Copa América: ‘Temos de cuidar dela Ela é nossa’

O treinador afirmou que reconhece que se joga muito futebol no Brasil e, por isso, os gramados são mais desgastados

Publicado

em

Reinaldo Rueda criticou, nesta sexta-feira, a organização da Copa América. Em entrevista na Arena Corinthians, na véspera do jogo com a Argentina, pela disputa do terceiro lugar, o treinador colombiano, que dirige a seleção chilena, afirmou ser preciso um maior cuidado com a competição continental.

“As seleções sul-americanas ganharam um status superior depois que vários de seus jogadores passaram a ter um papel de destaque nas equipes pelas quais atuam no exterior. Desta forma, é preciso que os hotéis, centros de treinamento e campos sejam de um padrão maior”, afirmou o treinador, quando perguntado sobre a má qualidade da maioria dos gramados brasileiros utilizados no torneio, alvo de seguidas críticas, inclusive do craque Lionel Messi e do técnico Tite.

Rueda comparou a Copa América com a Eurocopa, apontando que o torneio do Velho Continente tem maior evidência por sua excelência. “A cada edição os europeus vendem uma competição melhor e conseguem mais dinheiro, chamam mais a atenção. Temos de fazer da mesma forma. Temos de cuidar da Copa América. Ela é nossa. É preciso torná-la um exemplo para o mundo.”

O treinador afirmou que reconhece que se joga muito futebol no Brasil e, por isso, os gramados são mais desgastados. Assim, alertou que deveria ter se adotado um cuidado maior com os campos antes da Copa América. “Mas exatamente por isso é preciso ter um cuidado maior. Aqui é o país onde mais se joga futebol no mundo.”

Rueda disse que espera uma competição melhor ano que vem, quando as sedes da Copa América serão Argentina e Colômbia. “Sempre é preciso melhorar. A cada edição é preciso se apresentar melhor. Todos temos de trabalhar para isso.”

 

Estadão Conteúdo


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade