fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Presidente do Atlético-MG diz que elenco forte fomentará ganhos da nova arena

Com gastos que chegam ao montante de R$ 200 milhões, a diretoria contratou vários jogadores para fortalecer o time do badalado Jorge Sampaoli

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Guilherme Piu
Belo Horizonte, MG

O torcedor do Atlético-MG mantém a esperança de o longo jejum de títulos no Campeonato Brasileiro acabar. Sem levantar o caneco do Nacional desde 1971, há quase 50 anos, o atleticano se anima pelo investimento milionário feito no departamento de futebol alvinegro.

Com gastos que chegam ao montante de R$ 200 milhões, a diretoria contratou vários jogadores para fortalecer o time do badalado Jorge Sampaoli. O desempenho atleticano em campo no mês de setembro animou a torcida, o Atlético-MG chegou ao topo da tabela do Brasileirão onde permaneceu por sete rodadas, mas despencou do posto em outubro pela queda acentuada de rendimento da equipe.

Mesmo assim, o presidente Sérgio Sette Câmara entende que o atual elenco atleticano é capaz até de proporcionar ganhos ao projeto em andamento da Arena MRV, outro sonho do clube. O mandatário acredita que o desempenho da equipe na temporada, mesmo com a performance baixa nas últimas semanas, ajudou a impulsionar o interesse do torcedor pelas coisas do novo estádio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Isso, claro (time forte e competitivo), contagiou os torcedores de maneira que eles estão realmente buscando a compra de camarotes, de cadeiras (cativas), porque já estão praticamente todos os camarotes vendidos, 71 camarotes e 4800 cadeiras. Vai nos gerar um valor equivalente a R$ 230 milhões, aproximadamente, o que irá, com certeza, viabilizar o término da nossa Arena MRV, incluindo as condicionantes que foram determinadas pela Prefeitura. E, lógico, o aumento de material de construção, etc. Nossa Arena está viabilizada, e quero crer que isso só aconteceu porque estamos vivendo esse momento tão bacana no futebol”, disse o presidente Sérgio Sette Câmara, em entrevista à TV Galo.

O discurso otimista de Sette Câmara, pelo menos em relação ao campo desportivo, está afastado da realidade atual do Atlético. De 15 pontos disputados nas últimas rodadas a equipe de Sampaoli conquistou apenas cinco, um terço do que estava em jogo. Mas a aposta da diretoria é no retorno a longo prazo.

“Acredito que nosso planejamento está acontecendo, até melhor do que nós imaginávamos. Houve um investimento grande no clube. Trouxemos o Alexandre Mattos, o Sampaoli, muitos jogadores, fizemos uma mudança radical no nosso elenco. Isso fez com que o clube tivesse e venha tendo uma performance muito boa no Brasileiro. E claro que a torcida, vendo essa mudança completa no nosso estilo de jogo, o Atlético partindo para cima, aquele Atlético que nós gostamos de ver, ela também veio no embalo (para impulsionar a construção da Arena MRV)”, analisou.

Para manter a empolgação de torcedores, o Atlético-MG agora se prepara desafiar o Palmeiras na segunda-feira (2), às 17h, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Folhapress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade