Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Por pênalti não marcado, CSA vai pedir impugnação de jogo contra o Flamengo

Lance pivô da polêmica aconteceu aos 33 minutos do primeiro tempo. Flamengo venceu por 2×0

Willian Matos
[email protected]

A diretoria do CSA, por meio de nota oficial, se manifestou dizendo que pedirá a impugnação do jogo contra o Flamengo, ocorrido na noite da última quarta-feira (12), no Estádio Nacional Mané Garrincha, válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O motivo é um pênalti não marcado ainda no primeiro tempo, quando a partida estava 0x0.

O time alagoano destaca os cinco minutos de paralisação do jogo para que o árbitro Douglas Marques das Flores (SP) analisasse o lance. Douglas analisou e decidiu não marcar a penalidade.

O jogo terminou 2×0 para o Flamengo, com gols de Vitinho e Gabigol, ambos no segundo tempo. No entanto, o CSA reclama de um pênalti não marcado ainda aos 33 minutos da primeira etapa. No lance, Apodi cruza bola na área e ela toca no braço de Willian Arão dentro da área.

CSA segurava o empate até meados do segundo tempo. Foto: Matheus Pimenta/CSA

O árbitro Douglas Marques das Flores (SP), estreante em duelos nacionais, paralisou o jogo por cerca de cinco minutos para olhar o VAR. Ele revisou o lance, voltou ao campo e não marcou pênalti, considerando que o toque de Arão foi involuntário.

Abaixo, a nota oficial do CSA na íntegra:

A diretoria do Centro Sportivo Alagoano informa que vai colher as imagens da partida contra o Flamengo, ocorrida nessa quarta-feira (12). O árbitro paulista Douglas Marques das Flores não marcou uma penalidade para o CSA.

O departamento jurídico vai tomar todas as medidas cabíveis para entrar com uma ação no STJD com um pedido de impugnação do jogo. Foram cinco minutos e meio de paralisação da partida para análise do lance no VAR, mas mesmo assim não foi assinalado a penalidade máxima.

Você pode gostar
Publicidade