Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Palmeiras afasta Lucas Lima após atleta ser flagrado em festa clandestina

Em vídeos divulgados nas redes sociais, o atleta é confrontado por palmeirenses, irritados com a presença dele no local

Foto: Reprodução

O meia Lucas Lima, do Palmeiras, foi afastado do elenco por tempo indeterminado após ser flagrado por torcedores em uma festa clandestina na madrugada desta sexta-feira (18).

Em vídeos divulgados nas redes sociais, o atleta é confrontado por palmeirenses, irritados com a presença dele no local. Nem o jogador nem os torcedores usavam máscaras.

Nas imagens, o meia admite estar errado. “Errei, errei, perdão.” Ele também ouviu ameaças de homens que estavam presentes na festa.

“Você vai embora do Palmeiras, você é safado. Está achando que o Palmeiras é brincadeira? Você está achando que é fácil jogar no Palmeiras, né? Foge do Palmeiras”, disse um deles.

Em nota, o time alviverde disse que punirá o jogador. “O atleta Lucas Lima ficará afastado das atividades no Palmeiras pelo prazo que o Departamento de Futebol entender necessário. O clube tomará as medidas administrativas cabíveis, como sempre fez em casos de quebra de protocolo de saúde.”

O elenco de Abel Ferreira teve folga na quinta-feira (17) e se reapresentará na Academia de Futebol nesta sexta. No domingo (19), o time encara o América-MG, no Allianz Parque, às 11h, em jogo pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Na última segunda-feira (14), jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do clube estiveram no Paraguai, onde receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O imunizante foi oferecido pela Conmebol às equipes que disputam torneios organizados pela entidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A delegação alviverde deverá tomar a segunda dose na semana do duelo com a Universidad Católica (CHI), pela Libertadores. O confronto de ida, no Chile, será disputado no dia 14 de julho.

Na semana passada, dois funcionários do Palmeiras morreram em decorrência de complicações causadas pela Covid-19.

Em abril, o atacante Luiz Adriano foi multado pelo clube por ter descumprido os protocolos de isolamento determinados após ter sido infectado pelo novo coronavírus.

Além de não respeitar a quarentena, ele se envolveu em um acidente de carro na saída do estacionamento de um shopping ao lado do Allianz Parque. O jogador, que havia levado a mãe ao supermercado, atropelou um ciclista. A vítima teve ferimentos leves.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress






Você pode gostar