fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Neymar fica de fora de relacionados do PSG para amistoso contra a Inter de Milão

Outros brasileiros do elenco, casos dos defensores Thiago Silva e Marquinhos, ainda nem se reapresentaram porque estão de férias

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Em meio à polêmica sobre sua possível saída do Paris Saint-Germain, Neymar está fora de mais um amistoso do clube francês, que está na China em sua parte final da pré-temporada. O técnico alemão Thomas Tuchel divulgou nesta quinta-feira a relação de 26 jogadores para o duelo contra a Inter de Milão, neste sábado, na cidade de Macau, e deixou o brasileiro de fora para completar a sua recuperação física depois da lesão no tornozelo direito. Antes, ainda na Europa, o craque não entrou em campo nos jogos contra os alemães Dynamo Dresden e Nuremberg

Como o próprio clube francês divulgou em um comunicado nesta semana, o processo de recuperação do tornozelo de Neymar já chegou ao fim. Entretanto, para que esteja liberado para jogar ainda resta a etapa da preparação física e, por isso, vem realizando atividades específicas. Dependendo de sua evolução nos próximos dias, há a possibilidade de que o brasileiro seja utilizado contra o Sydney FC, na próxima terça-feira, no último amistoso da pré-temporada.

Além de Neymar, o zagueiro Presnel Kimpembe não foi relacionado. Outros brasileiros do elenco, casos dos defensores Thiago Silva e Marquinhos, ainda nem se reapresentaram porque estão de férias por terem participado da Copa América. Os dois são aguardados para se juntarem ao elenco parisiense na próxima quarta-feira.

No dia 3 de agosto, o Paris Saint-Germain fará a sua primeira partida oficial na temporada. Será contra o Rennes, em Shenzhen, pela Supercopa da França – jogo que Neymar não poderá disputar por estar suspenso. A estreia no Campeonato Francês ocorrerá oito dias depois diante do Nimes, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. O brasileiro só poderá estrear na terceira rodada após cumprir as duas partidas restantes da punição por ter agredido um torcedor na final da Copa da França.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta quinta-feira, Neymar e outros jogadores do Paris Saint-Germain – casos do francês Mbappé, do uruguaio Edinson Cavani e do italiano Marco Verratti – participaram de um evento promocional no centro de Shenzhen para o lançamento do uniforme reserva do clube. Pela segunda temporada seguida, o PSG vestirá a marca de Michael Jordan nas camisas alternativas.

 

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade