fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Hamilton é punido por atrapalhar Raikkonen e largará em quinto no GP da Áustria

O piloto da Mercedes perdeu três postos em razão de um incidente com o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo

Lindauro Gomes

Publicado

em

PUBLICIDADE

Líder do Mundial de Pilotos da Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton foi punido com a perda de três posições depois da sessão classificatória, neste sábado, e vai largar na quinta posição do grid para o GP da Áustria. O piloto da Mercedes perdeu três postos em razão de um incidente com o finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo.

Os comissários da prova entenderam que Hamilton, que havia terminado o treino classificatório com o segundo melhor tempo, atrás apenas do monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, atrapalhou Raikkonen ainda no Q1 da atividade no circuito Red Bull Ring, em Spielberg. Com isso, o pentacampeão mundial desceu do segundo para o quinto posto, atrás do holandês Max Verstappen, do finlandês Valterri Bottas e do britânico Lando Norris, este que conquistou a sua melhor posição em um grid de largada na carreira.

No início do treino, Hamilton apareceu lentamente na pista em sua volta de instalação quando Raikkonen se aproximou na freada para a curva 2. Segundo a declaração oficial dos comissários, o piloto da Mercedes, apesar de ter saído da pista para facilitar a passagem do finlandês, estava muito lento e acabou atrapalhando o piloto da Alfa Romeo.

Em suas redes sociais, Hamilton admitiu o erro. “Mereci totalmente a penalidade hoje (sábado) e não tenho problema em aceitá-la“, escreveu. “Foi um erro e eu assumo total responsabilidade por isso. Não foi intencional. De qualquer forma, amanhã (domingo) é outro dia e uma oportunidade para crescer“, completou.

O inglês, que venceu seis das oito provas da atual temporada, destacou o fato de haver três pilotos diferente nas três primeiras posições, parabenizou Leclerc pela pole e indicou que vai brigar pela vitória na Áustria, apesar da punição. “Grato pelo esforço da equipe hoje (sábado), embora para nós não tenha sido um dia perfeito, mas nós ganhamos e perdemos juntos. Amanhã (domingo) é um novo dia e uma chance para nós nos levantarmos juntos”, projetou.

Houve ainda outras três penalidades informadas logo após o treino: o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, perdeu cinco posições e caiu do quinto para o 10.º lugar por conta da troca de câmbio; o alemão Nico Hulkenberg, da Renault, desceu de 12.º para 17.º por troca de componentes do motor; e o tailandês Alexander Albon largará na 20.ª e última posição do grid devido à alteração de toda a unidade de potência do seu carro.

Confira o grid de largada do GP da Áustria:

1.º – Charles Leclerc (MON/Ferrari) – 1min03s003

2.º – Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 1min03s439

3.º – Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min03s537

4.º – Lando Norris (GBR/McLaren) – 1min04s099

5.º – Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) – 1min03s262*

6.º – Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) – 1min04s166

7.º – Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) – 1min04s179

8.º – Pierre Gasly (FRA/Red Bull) – 1min04s199

9.º – Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – Sem tempo no Q3

10.º – Kevin Magnussen (DIN/Haas) – 1min04s072***

11.º – Romain Grosjean (FRA/Haas) – 1min04s490

12.º – Daniel Ricciardo (AUS/Renault) – 1min04s790

13.º – Sergio Pérez (MEX/Racing Point) – 1min04s789

14.º – Lance Stroll (CAN/Racing Point) – 1min04s832

15.º – Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – 1min05s324

16.º – Nico Hulkenberg (ALE/REN) – 1min04s516****

17.º – Robert Kubica (POL/Williams) – 1min06s206

18.º – George Russell (GBR/Williams) – 1min05s904**

19.º – Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren) – 1min13s601*****

20.º – Alexander Albon (TAI/Toro Rosso) – 1min04s665******

*Punido com a perda de três posições

**Punido com a perda de três posições

***Punido com a perda de cinco posições

****Punido com a perda de cinco posições

*****Punido com a perda de 20 posições

******Punido com a perda de 25 posições


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade