Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Grêmio deixa Sul-Americana em segundo plano e planeja foco no Brasileiro

A diretoria botou discurso de reformulação na rua e quer usar o torneio da Conmebol como parte da preparação para o Brasileiro

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

JEREMIAS WERNEK
PORTO ALEGRE, RS

Às vésperas da estreia na Copa Sul-Americana, contra o La Equidad (COL), o Grêmio definiu publicamente -e também nos corredores da Arena e do CT Luiz Carvalho- que o foco em 2021 vai ser no Campeonato Brasileiro.
Depois da saída de Renato Portaluppi, a diretoria botou discurso de reformulação na rua e quer usar o torneio da Conmebol como parte da preparação para o Brasileiro. A Copa do Brasil também deve ganhar atenção especial.
O Grêmio foi eliminado na fase preliminar da Copa Libertadores pelo Independiente Del Valle (EQU). O time equatoriano venceu as duas partidas e entrou no Grupo A da principal competição de clubes do continente, ao lado de Palmeiras, Defensa y Justicia (ARG) e Universitario (PER).
De 2016 até 2020, o Grêmio marcou presença na Libertadores. Além da edição de 2017, quando venceu o Lanús (ARG) na final e ficou com o título, o clube chegou à semifinal em 2018 e 2019. Na temporada passada, foi eliminado pelo Santos, nas quartas de final.
No mesmo período, o clube gaúcho não se furtou de repetir a estratégia de preservar jogadores na maioria das rodadas do Brasileirão. O discurso sempre foi de atenção maior às copas pela chance de título maior -e premiação mais alta.
“A política deste ano vai ser basicamente esta: transição e fortalecimento do elenco visando Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil”, disse Romildo Bolzan, presidente do Grêmio.
A atenção ao Brasileiro casa com o plano de reformular o elenco nas próximas semanas. Tiago Nunes, ex-Athletico-PR e Corinthians, é o grande favorito para o cargo de treinador do time.
Mais jovens da base devem ser fixados como peças recorrentes e até três contratações serão feitas. Nomes como Victor Ferraz, Paulo Victor e Everton são considerados negociáveis.
Além de Lanús e La Equidad, o Grêmio tem no Grupo H da Sul-Americana a concorrência do Aragua (VEN). O primeiro jogo pela competição será na quinta-feira (22), diante do adversário colombiano, em Porto Alegre.

As informações são da Folhapress






Você pode gostar