Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Fluminense e Flamengo fazem clássico movimentado, mas ficam no 0 a 0 no Maracanã

Apesar do jogo agradável, o resultado não ficou bom para nenhuma das equipes

Publicado

em

Publicidade

Foi um clássico movimentado, com direito a bola na trave, troca de ataques perigosos, mas sem gols. Fluminense e Flamengo se enfrentaram e empataram sem gols neste domingo no Maracanã, no Rio, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar do jogo agradável, o resultado não ficou bom para nenhuma das equipes. Isto porque o Flamengo foi aos 14 pontos e caiu para o quarto lugar, cinco pontos atrás do líder Palmeiras, que ainda tem um jogo a menos. Na outra ponta da tabela, o Fluminense chegou aos sete pontos, na beira da zona de rebaixamento, em 16º lugar, levando vantagem sobre o Fortaleza, primeiro dentro da degola, apenas no saldo de gols (-3 a -6).

Sob olhar atento do novo treinador, Jorge Jesus, que estava em um dos camarotes do Maracanã, o Flamengo criou as melhores oportunidades de gol do primeiro tempo. O começo, no entanto, não foi nada bom para os rubro-negros. Como sempre, o Fluminense tocou a bola em busca de espaço e espaço para finalizar. Luciano arriscou de longe e obrigou Diego Alves a trabalhar aos 11 minutos. O Flamengo, no entanto, mostrou solidez defensiva e segurou o rival.

Aos poucos, os rubro-negros foram se soltando e equilibraram a partida. Em boa escapada pela direita, Gabigol ganhou de Yuri e finalizou de perna direita para fora, assustando Agenor.

Publicidade

A alternativa para tentar minar o toque de bola do Fluminense foi adiantar a marcação e tentar roubar a bola no campo de ataque. Aos 18 minutos, a estratégia deu certo. Diego invadiu a área em velocidade e finalizou cruzado, carimbando a trave de Agenor. Foi a principal oportunidade do primeiro tempo, que terminou com um futebol cauteloso das duas equipes.

O segundo tempo foi bem mais animado, especialmente no início. Em contra-ataque, Bruno Henrique recebeu em velocidade, finalizou cruzado, mas parou em Agenor. A resposta do Fluminense veio no ataque seguinte com João Pedro. O jovem apareceu nas costas da marcação e tentou tocar na saída de Diego Alves. O goleiro rubro-negro, no entanto, evitou o gol.

O Fluminense tentou seguir no ataque e criou as principais chances de marcar. Primeiro, Marcos Paulo cortou para o meio, limpou a marcação e finalizou forte. Diego Alves voou para fazer a defesa. Em seguida, Caio Henrique tabelou com Daniel e chutou cruzado e o goleiro flamenguista fez mais uma boa defesa. No rebote, Marcos Paulo finalizou livre, mas mandou longe do gol.

Na base da pressão, aos 45 minutos, a defesa do Flamengo não conseguiu fazer o corte e a bola sobrou para João Pedro. O atacante, contudo, finalizou fraco e facilitou para Diego Alves.

O Flamengo volta a campo contra o CSA, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Mané Garrincha, em Brasília. Na quinta-feira, o Fluminense visita a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó, às 20 horas.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 0 FLAMENGO

FLUMINENSE – Agenor; Igor Julião, Yuri Lima, Frazan e Caio Henrique; Allan, Daniel e Ganso; Luciano, Brenner (Marcos Paulo) e João Pedro. Técnico: Fernando Diniz

FLAMENGO – Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta (Ronaldo), Willian Arão, Diego (Berrío) e Everton Ribeiro; Gabriel (Vitinho) e Bruno Henrique. Técnico: Marcelo Salles.

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Allan e Frazan (Fluminense); Piris da Mota, Pará e Everton Ribeiro (Flamengo).

PÚBLICO – 38.897 pagantes (42.726 ao total).

RENDA – R$ 1.306.470.

LOCAL – Maracanã, no Rio.


Você pode gostar
Publicidade