Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Em queda livre pré-Copa América, Cruzeiro busca acertar a defesa

O volante Ariel Cabral aposta que os ajustes realizados na intertemporada podem ser fundamentais para a retomada das vitórias já no clássico contra o Galo

Publicado

em

O volante Ariel Cabral, do Cruzeiro, afirmou que o time aproveitou a intertemporada para buscar melhorar a parte defensiva, o que, de acordo com o jogador, vinha sendo um dos maiores pontos fracos da equipe até a parada para a Copa América

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira na Toca da Raposa II, o camisa 5 cruzeirense aposta em uma melhora na retomada, já de olho na partida decisiva contra o arquirrival Atlético-MG, que dá início ao clássico válido pelas quartas de final da Copa do Brasil nesta quinta-feira, no Mineirão.

“A gente não pode tomar tantos gols. Trabalhamos bem muitos treinos táticos com o (técnico) Mano (Menezes) e melhoramos muito. Trabalhamos o posicionamento também. Nestes dez dias, fizemos isso muito bem, e isso vai nos auxiliar daqui até o final do ano”, apontou o volante.

Ariel Cabral se refere especialmente aos 16 gols tomados pela equipe mineira em nove rodadas no Campeonato Brasileiro, que foram determinantes para a péssima campanha do time até o momento na competição – é apenas o 18º colocado, com oito pontos

Curiosamente, sob o comando de Mano Menezes, o Cruzeiro quase sempre se notabilizou por apostar em sistemas defensivos eficientes para chegar às vitórias, especialmente na conquista do bicampeonato da Copa do Brasil com os títulos obtidos em 2017 e 2018. De olho no clássico contra o Atlético, que vai definir quem passa às semifinais do torneio deste ano, a parte física também foi ponto crucial nas atividades durante a pausa para a Copa América.

“(A parada) foi importante porque demos sequência a um trabalho que a gente estava fazendo no campo. Fisicamente, trabalhamos muito. A parte tática também. Mas o principal trabalho desta intertemporada foi na parte física, trabalhamos muito. Creio que dará certo, estamos focados”, apostou o volante.

Como preparação para o clássico da próxima quinta-feira, o elenco cruzeirense realizou um treinamento fechado na tarde desta segunda. Quem voltou a treinar foi o lateral colombiano Orejuela, mas apenas para uma atividade física, separado do restante do elenco. O jogador está retornando de uma cirurgia no joelho que o tirou dos campos desde maio. 

Sem vencer há nove partidas, o time mineiro terá como próximos compromissos, além do Atlético-MG, pelo torneio de mata-mata; o Botafogo, na volta ao Brasileirão (domingo, em casa), e o River Plate, pela Libertadores (dia 23, em Buenos Aires).

Estadão Conteúdo


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade