Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Diego elogia Jorge Jesus após jogo-treino: ‘Quem mais exigiu da equipe até agora’

A atividade, que contou com um bom público na sede do clube, na zona sul da capital fluminense, terminou com dois gols de Vitinho e um do camisa 10

Publicado

em

O novo técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus, esteve em ação em jogo-treino contra o Madureira, vencido por 3 a 1 neste sábado no estádio da Gávea, no Rio de Janeiro, e arrancou elogios do capitão Diego em seu primeiro contato – ainda que não oficial – com a área técnica do time. “Foi quem mais exigiu da equipe até agora”, afirmou o meia.

A atividade, que contou com um bom público na sede do clube, na zona sul da capital fluminense, terminou com dois gols do atacante Vitinho e um do próprio camisa 10 para o time rubro-negro – Yago Catatau descontou para o Madureira.

Para Diego, mais importante que o resultado deste sábado é a rápida evolução no trabalho da equipe após a chegada do português, há cerca de 10 dias. “São muitas mudanças, no esquema tático, na ideia de recuperar a bola o quanto antes, posicionamento defensivo e na bola parada. São mudanças com o mesmo objetivo, agressividade sem a bola e opções com a posse dela”, descreveu o atleta, em entrevista coletiva concedida após o jogo-treino.

Preocupado em demonstrar que a relação entre elenco e comandante está evoluindo bem, Diego não se conteve ao enaltecer o trabalho do europeu. “Foi o técnico que mais exigiu da equipe até agora. É um treinador que vamos abraçar, comprar a ideia. Estamos aqui para vencer e sabemos da oportunidades que temos e dos desafios”, declarou o capitão flamenguista, que também fez questão de defender o plantel de críticas anteriores. “Falam como se o elenco não estivesse preparado. Que fique claro que não temos problemas em trabalhar”, completou.

O experiente meia projeta que o crescimento no desempenho da equipe possa atingir um bom patamar na partida contra o Athletico-PR, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil em Curitiba, no dia 10 de julho, prometendo “organização e segurança” no duelo. “Chegaremos preparados para esse jogo. Agressivos e ofensivos, do jeito que o Jorge tem pedido para que nós sejamos”.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade