Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Definidos os confrontos do Mundial interclubes no fim do ano

Flamengo, Grêmio, Boca Juniors e River Plate lutam para pegar o vencedor de Esperánce, da Tunísia, contra e o Campeão da Ásia, na disputa da semifinal do Mundial

Publicado

em

PUBLICIDADE

A FIFA realizou em Zurique na Suíça, nesta segunda-feira (16), o sorteio do Mundial de Clubes, que será realizado entre os dias 11 e 22 de dezembro, no Catar.

Das sete equipes que vão disputar a competição, cinco já estão definidas: o inglês Liverpool representa a Europa, o mexicano Monterrey joga pelas Américas Central e do Norte, o tunisiano Esperánce pela África, o Hienghène pela Oceania e o Al Sadd pelo Catar, país-sede. Resta saber os campeões da Ásia e da América do Sul. Este último será definido na final de Copa Libertadores da América, cujos semifinalistas são os brasileiros Flamengo e Grêmio, além dos argentinos Boca Juniors e River Plate.

A competição é dividida em quatro fases: primeira, segunda, semifinal e final. Os campeões da Europa e da América do Sul se classificam direto para as semifinais.

Na primeira fase, o Al Sadd encara o Hienghène Sport, no dia 11. O vencedor avança e enfrenta o Monterrey. Quem prosseguir desta segunda fase vai jogar contra o Liverpool.

O outro lado da chave já começa na segunda fase, no embate entre Esperánce e o Campeão da Ásia, o clube que levar a melhor vai disputar a semifinal com o representante da América do Sul. A final do Mundial será no dia 21 de dezembro.

“Facilita para o Campeão da Libertadores enfrentar o campeão da Ásia ou da África? Teoricamente facilita”, avaliou o comentarista da Rádio Nacional Waldir Luiz. O jornalista esportivo disse ainda que “o futebol africano teve uma evolução bem maior do que o asiático. Mas acredito que o campeão da Libertadores tem todas as condições de chegar à final do Mundial com chances de ser campeão contra o Liverpool, que é o grande sonho do torcedor do Flamengo, de reviver aquela grande final de 1981, quando o Flamengo venceu por 3 a 0. Não vou cravar o Flamengo, mas hoje tem 70% de chances de ser campeão da Libertadores. Futebol é momento e o momento é do Flamengo.”, analisou.

O Mundial de Clubes foi realizado pela primeira vez em 2000, no Brasil, com o Corinthians levando a taça. Somente a partir de 2005 a competição passou a ser disputada anualmente, substituindo a extinta Copa Intercontinental, que era o confronto entre os campeões da América do Sul e Europa. Das 15 edições, em apenas cinco a final não foi disputada entre estes dois continentes.

Os europeus têm larga vantagem em relação aos concorrentes e em 11 oportunidades levaram o título mundial. Os sul-americanos levaram quatro vezes, todos com clubes brasileiros: duas vezes o Corinthians (2000 e 2012), uma o São Paulo(2005) e uma o Internacional (2006). O Real Madrid é o maior vencedor do Mundial, com quatro títulos no total.

Com informações da Agência Brasil


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade