Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Cenas de guerra e injúria racial marcam clássico entre Cruzeiro x Atlético-MG

Em campo, pouca técnica por parte dos dois times resultou em um 0 x 0; nas arquibancadas, pancadaria e preconceito concluíram o clássico

Por Willian Matos 11/11/2019 9h49

Da redação
[email protected]

O clássico entre Cruzeiro x Atlético-MG, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, não trouxe muitas emoções com a bola rolando. Já nas arquibancadas, foi um dia para se esquecer: além da pancadaria generalizada, um caso de injúria racial marcou negativamente a partida.

Brigas

Após o apito final, torcedores do Atlético-MG invadiram os camarotes destinados aos cruzeirenses e deram início às brigas no local. Veja:

Enquanto isso, outros atleticanos arremessavam cadeiras em direção a torcedores do Cruzeiro.

“Olha a sua cor”

Em meio às brigas, um torcedor atleticano, branco, praticou injúria racial contra um segurança. No vídeo abaixo, ele aparece irritado e xingando o profissional. No segundo 56, ele diz: “Olha a sua cor”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outro vídeo que circula pelas redes sociais mostra o homem cuspindo no segurança. 

https://www.instagram.com/p/B4taymglzPy/

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Pronunciamentos

https://www.instagram.com/faelslim/?utm_source=ig_embed

“O Clube Atlético Mineiro repudia veementemente qualquer ato de violência, incluindo racismo, injúria ou ofensa moral, seja no estádio ou fora dele. As diversas imagens que circulam em redes sociais são lamentáveis e devem ser objeto de rigorosa apuração. O Clube se coloca à disposição das autoridades policiais, pede o máximo rigor e urgência nas investigações sobre os fatos ocorridos hoje no Mineirão.”

O Cruzeiro se manifestou via site oficial:

“O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente as cenas de confusão e vandalismo ocorridas no clássico deste domingo, 10 de novembro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Clube informa que tomou todas as medidas exigidas de acordo com o Estatuto do Torcedor. Durante a semana, foram feitas reuniões de praxe com representantes de todos os órgãos competentes para garantir a segurança dos torcedores que fossem ao Mineirão e a eles foram repassados todos os cenários para que fosse elaborado o melhor plano de segurança possível.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Você pode gostar