Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Brasiliense estreia com vitória em casa na Série D

Publicado

em

Publicidade

Com gol de Michel Platini e boa atuação de Maikon Leite, a equipe fez a festa no Serejão diante do Serra (ES). Jobson entrou no jogo, mas lamentou estar “acima do peso”

O Brasiliense enfrentou o Serra (ES) na tarde deste sábado (4), no estádio do Serejão, em Taguatinga, e venceu por 1 a 0. Com o triunfo, a equipe larga na frente na fase classificatória. O próximo compromisso da equipe candanga é fora de casa, contra a URT, na próxima segunda feira (13) em
Patos de Minas, às 19h30.

O Jogo
O time do Brasiliense estreou na série D 2019 com várias mudanças em relação ao time que foi vice no Candangão. Dos 6 reforços que chegaram, dois começaram a partida como titulares: o meio campo David Manteiga e o lateral esquerdo China, e isso surtiu efeito. A equipe criou três boas chances em sequência nos 10 primeiros minutos, sendo duas pelas ala canhota.

Aos 21 minutos, Maikon Leite escapou em velocidade e entrou na área pela ponta esquerda, mas finalizou para cima do gol. Aos 26, a melhor chance do primeiro tempo a favor dos visitantes. Lessinho, da equipe capixaba, cobrou falta pela intermediária direita e a bola parou na trave direita defendida por Sucuri.

Publicidade

O time candango devolveu o perigo em seguida com dois cruzamentos de Alex Murici, pela direita, mas a pontaria não colaborou. Aos 38, em mais uma investida de Maikon Leite, o meia arriscou de fora da área e levou perigo à meta de Walter. À essa altura, ambos os times se revezavam em jogadas ofensivas, e aos 41, foi a vez de Murici carimbar a trave adversária com uma cobrança de falta pelo lado esquerdo de ataque. Seria um golaço, não fosse pela boa defesa praticada por Walter.

Na volta do intervalo, o treinador brasiliense Ricardo Antônio tirou Reinaldo e colocou Romarinho. A troca era ofensiva, mas foi o Serra quem criou a primeira chance na segunda etapa: o camisa 10 Guilherme Pitty foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou. Após furada do zagueiro Badhuga, o Rodrigo Pardal ficou de frente para o gol, na pequena área mas bateu por cima e desperdiçou. Então o Jacaré tratou de se lançar ao ataque.

Pressão deu resultado

Aos 9 minutos, depois de mais um cruzamento de Alex Murici, o centroavante Michel Platini subiu para cabecear no canto esquerdo do goleiro capixaba e abrir o placar: 1 a 0 e festa nas arquibancadas.

Michel Platini garantiu a vitória para o Brasiliense

A empolgação candanga entrou em campo e fez o Brasiliense criar repetidas chances. Na mais perigosa delas, China arriscou uma bicicleta e obrigou Walter a praticar a defesa.

A torcida do Brasiliense fez a festa na arquibancada do Serejão

Depois do gol, o jogo ficou morno e o artilheiro Platini deu lugar a Jobson, uma das estrelas da equipe candanga. Do banco brasiliense e da arquibancada, apoio total ao atacante. O grito do volante suplente Gabriel parecia anunciar “Vai Jobson. Você vai meter um (gol)” . A previsão quase se concretizou aos 45 min, com um chute perigoso do jogador que levou perigo. Após o jogo, Jobson lamentou estar acima do peso. “Tenho que me cobrar muito. Hoje o Brasiliense tem um grupo forte”.


O segundo gol não aconteceu, mas ao som ao apito final, a torcida amarela comemorou o primeiro triunfo no campeonato. O técnico Ricardo Antônio comemorou o resultado. “Agora, vamos nos recuperar para tentar vencer o forte URT. Os estreantes entraram bem e vão se encaixar”, disse em entrevista à equipe de reportagem.

FICHA TÉCNICA

Série D 2019 – 1ª rodada Grupo A13
Brasiliense (DF) X Serra (ES)

Estádio Serejão – 15h30 – 04/05/19

Público: 619 pessoas
Renda: R$ 4.590,00

Árbitro: Lucas Paulo Torezin – PR
Assistente 1: Jefferson Cleiton da Silva – PR
Assistente 2: Felipe Gustavo Schmidt – PR

Brasiliense: Edmar Sucuri; Lucio; Badhuga; Alex Murici; China; Aldo; David Manteiga; Morais; Maikon Leite; Michel Platini e Reinaldo

Serra (ES): Walter; Paulo Ricardo; Aislan; Rodrigo Lacerda; Peu; Caetano; Alemão; Rodrigo Pardal; Guilherme Pitty (Mauri); Lessinho (Canário) e Madison (Tony)

Por Ricardo Ribeiro (texto e fotos) – Jornal de Brasília / Agência de Notícias UniCEUB


Você pode gostar
Publicidade